+ MOSTRA CINEMA URGENTE NO CINE BIJOU PAULISTANO
+ BILHETERIAS BRASILEIRAS + RENATO JANINE

+ JORGE ZAHAR + PREMIO FÊNIX (MÉXICO)

+ MOSTRA DE CINEMA DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO
(ANO IV) + FESTIVAL ARUANDA DO AUDIOVISUAL
BRASILEIRO (JAMPA-PARAÍBA)

+ CÂMARA CASCUDO E “A HISTORIA DA ALIMENTAÇÃO
BRASILEIRA, NO CANAL CINEBRASILTV

+ ANIMAÇÃO CENTENARIA + MOSTRA DE
CINE LIBANÊS (CURADORIA: ROSE LA CRETA)
+ O CÔMICO TIN-TÁN MEXICANO

+ ESTREIAS BRASILEIRAS + FILME DE BETH FORMAGGINI
+ ATO PUBLICO DIA 23 DE NOVEMBRO (LARGO DO SÃO FRANCISCO)

+ HOBSBAWM E
A AMERICA LATINA:
Ótima resenha, na revista
QUATRO CINCO UM, de Claudia Antunes, sobre
o livro “Eric Hobsbawm – Viva la Revolución: A Era das
Utopias na América Latina” (Cia das Letras, 560
páginas, R$69,90). Organização de Leslie Bethell.

+ BELO TEXTO DE RENATO
JANINE RIBEIRO, no “Face”,
SOBRE O CASO Globo/William Waack

+ BILHETERIAS
BRASILEIRAS:

. ESTREIAS:

. Gosto se Discute…………………………..55.919
. No Intenso Agora…………………………..2.725
. Vazante………………………………………….2.645
. Aqualoucos……………………………………….144
. Olhando para as Estrelas……………………141
. Locadoras…………………………………………..(dado não disponível)

. CONTINUAÇÕES:
. PF, Polícia para Todos……………………….1.364.714
. Pior Aluno da Classe……………………………469.746
. Chocante……………………………………………….156.590
. Entre Irmãs……………………………………………..56.774
. A Menina Índigo……………………………………..39.728
. Historietas Assombradas…………………………28.239
. Gabriel e a Montanha……………………………….26.625
. Dona Flor e Seus 2 Maridos………………………26.293
. Corpo Elétrico…………………………………………..19.862 (não atualizado)
. As Duas Irenes…………………………………………..13.337
. Pelé, o Nascimento de Uma Lenda………………2.679 (EUA-Brasil)

. ESTRANGEIROS:

. O Formidável………………………………………..17.512 (França)
. O Outro Lado da Esperança……………………5.484 (Finlândia)
. Deserto…………………………………………………….3.257 (México-EUA)

. ALGUMAS ESTREIAS DA SEMANA:

. Maria – Não se Esqueça que eu Venho do Trópico, de Francisco C. Martins (o Ícaro) – BR
. On Ioga — Arquitetura da Paz, Heitor Dhalia (BR-India-China)
. Colo, de Tereza Villaverde (Portugal)
. A Trama, Laurent Cantet (França)
. Histórias Que Não Pertencem a Este Mundo, Francesca Comencini (Itália)
. Algo de Novo, de Cristina Comencini (Itália)

+ Filme de Beth Formaggini:
“Xingu Cariri
Caruaru Carioca”

+ YVONE KANO (PORTUGAL-BRASIL)

+ CÂMARA CASCUDO
E A HISTORIA DA ALIMENTAÇÃO
NO BRASIL (Canal CINEBRASILTV-SKY)

+ MOSTRA
“CINEMA URGENTE”:
Semana que vem (dias 21, 22 e 24 — portanto
menos dia 23, quinta-feira). No CINE BIJOU,
sempre às 20h00. Com filmes e debates
com Bernardet, Nabil Bonduki e Tales Ab’Saber.

***** VINTE DE NOVEMBRO
Dia de Zumbi dos Palmares
e da Consciência Negra. No Rio:
MOSTRA DE GRANDES
CLASSICOS DO CINEMA AFRICANO
apresenta o documentário “Sembène! – O Pai do
Cinema Africano”, de Samba Gadjigo & Jason
Silverman. Na Caixa Cultural.
Será que chegará a São Paulo? Ao Belas Artes??

*****LIVROS: BIRRI,
DOC 100 (Abraccine),
REVOLUÇÕES: POESIA DO
INACABADO + A PAIXÃO DA
NARRATIVA+ LIVRO DO
PATRICIO GUZMÁN (SESC EDIÇÕES)

+ MOSTRA DE CINEMA
LIBANÊS (Organizada por
ROSE LA CRETA)

+ ISMAILXAVIER: DIA 17, na USP,
Professor Emérito e Colóquio.

*****MOSTRA DE
CINEMA DE GOSTOSO
Em São Miguel do Gostoso,
no Rio Grande
do Norte (de 17 a 21 de novembro)

. FEST ARUANDA,
em Jampa, na Paraíba:
De 30 de novembro
a 6 de dezembro.

**********EM DEFESA DA
SOBERANIA NACIONAL
Reserve na sua agenda,
dia 23 de novembro,
às 18hOO, na Faculdade
de Direito do Largo São Francisco.
ATO PUBLICO EM DEFESA
DAS EMPRESAS PUBLICAS
E DA SOBERANIA NACIONAL,
com participação do
Senador Roberto Requião,
do deputado Patrus Ananias,
da Frente Brasil pela Soberania,
entre muitos outros.
DIVULGUE E COMPAREÇA!

******”Xingu Cariri
Caruaru Carioca”
Longa documental de
Beth Formaggini
Melhor filme no
Festival In-Edit 2016

Est ​amos ​
lançando ​ nosso
filme
Xingu Cariri Caruaru Carioca nos cinemas
em 23 de novembro, no Rio de Janeiro
e, depois, em outras capitais.
Contamos com vocês na divulgação?

Trailer Xingu Cariri Caruaru Carioca
​:​
https://vimeo.com/232070243

**********EM BREVE,
ESTREIA NO BRASIL
O FILME “YVONE KANE”,
DE MARGARIDA
CARDOSO, A MESMA DO
OTIMO DOCUMENTÁRIO
“KUXA KANEMA”. O NOVO FILME, FICCIONAL,
TEM IRENE RAVACHE NO ELENCO. NA FOTO,
A DIRETORA MARGARIDA CARDOSO.

***** MOSTRA DE CINEMA DE SÃO

MIGUEL DO GOSTOSO 2017 (DE

17 a 21 DE NOVEMBRO)

****** HISTORIA DA ALIMENTAÇÃO

NO BRASIL (NA TV), SÉRIE

DE EUGENIO PUPPO

*** CINEMA URGENTE

+ DIA 17 (SEXTA-FEIRA(:
USP HOMENAGEIA
ISMAIL XAVIER COM TÍTULO
DE PROFESSOR EMÉRITO
E COLOQUIO.

+ LIVRO “BIRRI”
Na quarta-feira, 22 de novembro,
Mônica Araujo Lima lança o livro
“Fernando Birri – Criação e Resistência
do Novo Cinema na América Latina”.
Editora Papagaio. À noite, no Bar
Canto Madalena (Vila Madalena).

+ PREMIO FENIX (MEXICO, DIA
6 DE DEZEMBRO, NA
CIDADE DO MEXICO)

+ MOSTRA
GOSTOSO
NA REVISTA
DE CINEMA/Uol

+ GRANDE TEXTO DO ESCRITOR RUBENS FIGUEIREDO
+ IV MOSTRA MOSFILM + FAMILIA COMENCINI + FEST
ARUANDA EM JAMPA (PB)

+ 20 DE NOVEMBRO & SEMBENE
+ TIN-TÁN, CÔMICO MEXICANO

+ MOSTRA DE CINEMA LIBANÊS
: Curadora: Rose La Creta

+ BOLAÑO (DOCUMENTARIO)

+ DVD: CUICA DE
SANTO AMARO

+ LIVRO:
“Revoluções: Poesia do
Inacabado – 1789-1848 –
Volume 1″, de Luiz Renato
Martins (Editora Sundermann)

**** NA REVISTA
DE CINEMA/Uol:
MOSTRA DE CINEMA
DE GOSTOSO (ANO IV)
http://revistadecinema.uol.com.br/2017/11/festival-exibe-filmes-escolhidos-por-alunos-de-pequena-cidade-do-litoral-potiguar/

************PARCERIA
ENTRE A BALADA
LITERARIA E A MOSTRA “SELEÇÃO
FEST DO RIO EM SAMPA” LOTA
CINESESC (TORQUATO NETO doc).
Tom Zé, um dos maiores contadores de história
deste país, relembrou fatos sobre Torquato
Neto (1944-1972), homenageado da Balada Literária 2017.
O poeta piauiense, tema da grande atração
da noite, o documentário “Torquato Neto – Todas as Horas do Fim”,
motivou animada conversa do elétrico Tom Zé com
os diretores Eduardo Ades & Marcus Fernando).
Registre-se: a dupla fez
um ótimo documentário, de ritmo aliciante, sintonia
fina com seu personagem e capaz de inovar na coleta de depoimentos, além de
recorrer a muitos trechos de filmes brasileiros, que vão de “Vidas Secas”,
passando por “Terra em Transe”, e desaguando na farta produção de
Ivan Cardoso. Aliás, Ivampiro, aliás, dá depoimento divertidíssimo:
seu Nosferatu, vivido por Torquato — ao contrário do imortalizado por
Murnau (de cabeça sem um fio e orelhas pontiagudas) — era cabeludo.
E avacalhação maior: andava de sandália de couro nordestina!!! O público
aplaudiu calorosamente o que viu. *******Depois, na sessão das 21h00,
bom público assistiu à terceira atração dominical do “Fest do Rio em Sampa:
“Memórias do Subdesenvolvimento”, de Titón. Em cópia restaurada pela
Cinemateca de Bolonha, brilhando de nova, magnífica. Quanto mais
vemos este filme, parece que melhor ele fica. Obra-brima inquestionável.
*********A Seleção Fest do Rio em SP (CineSesc)
prossegue até o feriado desta
quarta-feira. Destaque para doc sobre BOLAÑO
e para imenso documentário
de Weisman (mais de 3 horas), EX-LIBRIS.

************DENSO E
CORAJOSO ARTIGO DE
RUBENS FIGUEIREDO
A resenha,
publicada na Folha de
S. Paulo – Ilustrada (04-11-17)
sobre o livro britânico
“História Cultural da Rússia”, de
Orlando Figes, é de leitura obrigatória:
Destaco um trecho do texto do professor,
escritor e tradutor carioca (um dos livros dele, “Barco a Seco”
premiado com o Jabuti, foi transformado em
filme — “Maresia” — por Marcos Gutman):
“Por que tantos financimentos
para a produção de livros sobre a Rússia, que acabam,
quase automaticamente, traduzidos e publicados no mundo todo?
Por que estes livros seguem uma linha editorial e até um vocabulário tão
uniforme? Não seria o caso de perguntar, também, onde estão os
livros sobre a história dos EUA, da Grã-Bretanha, do Império Colonial
Britânico? Seria o assunto irrelevante? Ou a história é uma coisa
horrível que só acontece com os outros?” (…)

*****FAMILIA COMENCINI:
Duas filhas do cineasta pensinsular
Luigi Comencini (1916-2007) — Cristina, de 61 anos,
e Francesca, de 57 — terão seus filmes exibidos em
São Paulo, nas próximas semanas. O de Francesca
Comencini — “Histórias de Amor Que Não Pertencem
a Este Mundo” — tem sessões de pré-estreias
anunciadas no roteiro da Folha de S. Paulo (mas
ontem, domingo, 16h00, fui ao Belas Artes
e quebrei a cara: a bilheteira me
disse que o filme só será exibido neste feriado de 15
de novembro – Perdi parcialmente a viagem). Já o filme
de Cristina — “Algo de Novo” — uma comédia feminista
de final inesperado (que levanta o filme) chega aos
cinemas — salvo engano — nesta quinta-feira. A terceira
filha de Luigi — que nos legou deliciosas “comédias italianas”
e filmes de empenho como “Quando o Amor É Cruel” e
“Casanova” (“Infância, Vocação e Primeiras Experiências
de Giacomo Casanova, o Veneziano) — chama-se
Paola Comencini e é diretora de arte.

***** CINEMA URGENTE:
Mostra de filmes (com debates) programada
para semana que vem, no CINE BIJOU, tão amado
por cinéfilos paulistanos. Debates com Jean-Claude Bernardet, Nabil Bonduki, Thales Ab’Saber e outros convidados. Em pauta: filmes que refletem sobre o Brasil
convulsivo em que estamos vivendo. Dias 21 (terça), 22 (quarta) e
24 (sexta), sempre às 20h00. Aguardem detalhes.

***** IV MOSFILM DE CINEMA
SOVIETICO & RUSSO: NA
CINEMATECA BRASILEIRA:
Na primeira semana
de dezembro, com masterclass
do cineasta Karen Shaknazarov.
Deste diretor, autor de TIGRE BRANCO,
haverá pré-estreia de “Anna Karenina”.
Serão exibidos clássicos da era soviética
e filmes contemporâneos. Promoção do CPC-UMES.

******VINTE DE NOVEMBRO
Dia de Zumbi dos Palmares
e da Consciência Negra.
Na próxima segunda-feira

*****”HOJE É DIA DE
CINEMA BRASILEIRO
A 4 REAIS (REDE
CINEMARK PROGRAMA
32 LANÇAMENTO NACIONAIS):
Filmes lançados entre
novembro de 2016 e outubro de 2017:
Destaques para “Como Nossos Pais”, “Bingo, o
Rei das Manhãs”, “Elis”, “Divórcio”, “DPA-Detetives do Prédio Azul”,
“O Filme da Minha Vida”, “Sob Pressão”, “Minha Mãe é Uma Peça 2”,
as animações “Lino” e “Historietas Assombradas”, entre outros.

. NA REVISTA DE CINEMA/Uol:
IV MOSTRA DE
CINEMA DE GOSTOSO
No município potiguar de
São Miguel do Gostoso, a 110 km de Natal.
Calmo balneário cujo turismo é voltado a esportes
radicais, como o kitesurfe. Festival tem curadoria
de 53 estudantes de cursos
técnicos de audiovisual e de Eugenio Puppo.

http://revistadecinema.uol.com.br/2017/11/festival-exibe-filmes-escolhidos-por-alunos-de-pequena-cidade-do-litoral-potiguar/

+ JORGE ZAHAR E “A HISTORIA
DA RIQUEZA DO HOMEM”
(300 MIL EXEMPLARES).
Dia destes li, em O Globo,
ótima matéria sobre a biografia
do editor Jorge Zahar, escrita por Paulo Roberto
Pires. Um dado me chamou muita atenção: o livro
“A História da Riqueza do Homem”, editado pela Zahar,
vendeu ao longo de algumas décadas, 300 mil exemplares.
Na hora em que me deparei com este dado, lembrei-me de
meu primeiro ano na UnB (Universidade de Brasília). Lá cheguei,
em 1973, para estudar Jornalismo (depois Letras). Tinha 17 anos
e era uma interiorana mineira, ingênua e estudiosa… e muito
despolitizada. Mas tinha sensibilidade para as questões sociais.
Colegas do Partidão perceberam isto e resolveram me ajudar
em meu desenvolvimento político. David Emerich me
recomendou que frequentasse grupos de estudo. E me indicou
uma espécie de “orientadora”, uma moça chamada Conceição
(salvo falha de minha memória, ela era filha do deputado
José Santilli, um autêntico do PMDB, portanto irmã do grande
fotógrafo Marcos Santilli, que dirigiria, anos depois, o MIS-SP).
Como eu dava aulas, à noite, em uma escola secundária na
Ceilândia (cidade-satélite distante da Asa Norte, onde fica
a UnB), meu tempo para cursar os créditos obrigatórios
e optativos, estudar as matérias (e corrigir provas e redações
de meus alunos, uns 200, espalhados por cinco turmas) era
apertado. Mesmo assim encontramos tempo para que ela
me ajudasse em minha educação política. Fui, algumas vezes,
à casa dela (na Asa Sul) para discutir o “Manifesto Comunista”,
magnífico texto de Marx & Engles (muito bem escrito,
arrebatador). Conceição devia ter uns 2 anos a mais que eu,
se tanto. Era muito bonita (nunca mais a vi!). Quando
terminamos de ler-estudar o “Manifesto” e me senti
motivada, ela me disse: agora, passe numa livraria e
compre “A História da Riqueza do Homem”, de Leo Huberman,
e leia os primeiros capítulos, para nosso próximo encontro. Foi o
que fiz… Sempre que me lembro de Conceição, me vem a
exortação que abre o texto de Marx e Engels e …do livro editado
pela Zahar… Ah, no último sábado, Sérgio Augusto comentou,
em sua coluna, no Estadão, o livro de Paulo Roberto Pires,
sobre o grande editor brasilerio…. P.S. — Minha relação
com a turma do Partidão no movimento estudantil (Grupo Unidade)
durou uns dois anos. Meu primeiro marido, Hélio Lopes dos Santos (futuro pai de meus
filhos Jorge Artur e Guto) estudava Engenharia Agronômica e Florestal (deixara a Geologia)
na mesma UnB. Juntos, nos afastamos do grupo Unidade e fomos militar num coletivo
que tinha fama de maoísta, o Debate Ação. Concorremos às Eleições para o DU (Diretório
Universitário — assim se chamava o DCE-UnB, nos tempos duros do reitor José
Carlos Azevedo, físico nuclear e capitão de mar e guerra) e a situação agravou-se.
As eleições foram suspensas, fui expulsa da UnB (voltaria em 1981, graças à
Lei da Anistia) e Helinho pegou suspensão de 90 dias (mas o que aprendi lendo
“História da Riqueza do Homem” ficou para sempre na minha memória).. Ficaram
também as saudades de Conceição…..

Anúncios