+ O CRIMINOSO VAZAMENTO DE “MARIGHELLA” + WALTER SALLES E OS 90 ANOS DE “LIMITE” + DENILSON: MARIO PEIXOTO HOMOAFETIVO + EWA WILMA NA REVISTA DE CINEMA +
***Sobre o vazamento de “Marighella”: pirataria pura

+ CineTVT exibe GREVE!, de João Batista de Andrade, nesse sábado (21h00)

+ Mostra CineOP promove concurso de fotos de Ouro Preto com a população

+ Na Revista de Cinema: Denilson Lopes lança livro sobre homoafetividade de Mario Peixoto (90 anos de “Limite”)

+ Livro sobre trajetória de Eva Wilma na Coleção Aplauso é da lavra da atriz e escritora Edla van Steen. Nele, Eva conta em detalhes o teste, que a reprovou, para atuar em filme de Hitchcock.

***NA REVISTA DE CINEMA:
+ DE HOJE A QUARTA-FEIRA:
Os 90 ANOS DE
“LIMITE” + ESTUDO HOMOAFETIVO

DE MARIO PEIXOTO

http://revistadecinema.com.br/2021/05/mam-festeja-os-90-anos-de-limite/

+ EVA WILMA E O CINEMA:
http://revistadecinema.com.br/2021/05/eva-wilma-e-o-cinema/

+ Comédia fashion
filmada em Punta del Este:
“Amigas de Sorte”

http://revistadecinema.com.br/2021/05/amigas-de-sorte/

***SOBRE O VAZAMENTO
do filme “Marighella”

  • Fiquei estarrecida com a festa promovida por quem divulgou , nos últimos dias, a cópia pirata de “Marighella”, primeiro longa-metragem dirigido por Wagner Moura (ver matéria de duas páginas na Carta Capital). Até fontes de esquerda se aferraram a absurdas justificativas para propagar a cópia baixada ilegalmente (a partir de matriz lançada nos EUA, daí as legendas em inglês). Argumentou-se que “o filme está interditado no Brasil” e que agora todos poderiam vê-lo virtualmente. (Compreensão distorcida: o atual governo, por maior que seja sua vocação ditatorial, não tem instrumentos para CENSURAR filmes…..)**** Houve até quem se mostrasse disposto a depositar o valor do ingresso na conta de Wagner Moura. Era só o que faltava: o mais famoso dos atores brasileiros, com carreira internacional, vai disponibilizar conta (num mundo de piratas) para receber alguns valores correspondentes a “um ingresso de cinema”. Inacreditável. ***O que houve, para valer, foi pirataria. Disponibilização de um filme inédito no espaço digital. “Marighella” tem data marcada para seu lançamento: 4 de novembro. Seus produtores (O2 é o principal) e distribuidores (Paris + Downtown) querem lançar o filme em muitos cinemas (500, 600, 700 salas). E só o farão quando a maioria da população brasileira tiver tomado as duas doses da vacina anti-coronavírus. E assim, possa recobrar a confiança e fechar-se numa sala de exibição. Quem tem frequentado os cinemas são plateias jovens, mas – mesmo assim — candidatos a blockbusters têm tido desempenhos modestos. “Marighella” é um filme que espera dialogar com o grande público. Mas agora, depois desse ato irresponsável de pirataria, só nos resta lembrar o que aconteceu com outro filme de Wagner Moura (como ator-protagonista): “Tropa de Elite 1”. Com a pirataria, o filme vendeu menos de 2 milhões de ingressos. Já o “Tropa de E lite 2”, que não vazou, vendeu mais de 11 milhões de tíquetes. Que gente obscurantista, que torce contra o filme, aposte em seu fracasso, eu entendo. Agora, gente de esquerda apelar a justificativas esdrúxulas para colocar o filme em circulação!!! Aí, não dá para aceitar. ****Ah, houve gente que entendeu a exposição do filme nas redes como “uma jogada de marketing”. Quem vai fazer este tipo de marketing para um filme que está programado para estrear daqui a seis meses??????????
  • DE HOJE A QUARTA-FEIRA:
  • Os 90 ANOS DE “LIMITE”

*** PROGRAMAÇÃO:

HOJE: Segunda-feira, 17 de maio:

. “Onde a Terra Acaba”, de Sérgio Machado (Brasil, 2002) – Documentário sobre “Limite” e os projetos interrompidos de Mário Peixoto. Produção da Videofilmes. Narração de Matheus Nachtergaele. Duração: 72 minutos. Disponível no Curta Play. Exibição, nessa semana, no Festival Estação Virtual (em 80 Filmes).

. Ao longo do dia: Exibição no espaço on-line da Cinemateca do MAM-Rio do filme “Limite”, de Mário Peixoto (Brasil, 1931). Com Olga Breno, Taciana Rey, Raul Schnoor, Brutus Pedreira e Mário Peixoto. Trilha sonora compilada por Brutus Pereira. Duração: 120 minutos.

. Exibição digital (por 24 horas) de série inédita, em finalização, episódio em work-in-progress: “Saulo Pereira de Mello”, de Rafael Saar (Brasil, 2021). Com depoimentos de Saulo Pereira de Mello, Ayla Pereira de Mello, Joaquim Pedro de Andrade, Mário Peixoto, Ruy Solberg e Walter Salles. Duração: 30’.

. 19h00: “Em Memória de Saulo Pereira de Mello”. Conversa on-line com Filipi Fernandes e Walter Salles. Mediação Hernani Heffner.

AMANHÃ:

. Terça-feira, 18 de maio:
16h00 – “Saulo Pereira de Mello e ‘Limite’”. Debate com Alex Vasquez, Luciana Corrêa de Araújo e Rafael Saar. Mediação: José Quental

. Quarta-feira, 19 de maio:

19h00 – Masterclass de Denilson Lopes: “90 Anos Esta Noite. Uma Leitura da Exibição de ‘Limite em 17 de Maio de 1931”. Mediação de Hernani Heffner. No Youtube e Facebook da Cinemateca do MAM. Lançamento virtual do livro “Mário Peixoto Antes e Depois de Limite” (e-galaxia editora)

* MOSTRA “O CINEMA E A

Luta dos Trabalhadores”,

  • no CineTVT, da TV dos Trabalhadores. Todos os sábados, 21h00. Nessa semana, “GREVE!”, de João Batista de Andrade. Mostra prossegue até 14 de julho. Programação completa abaixo.

  • NA REVISTA DE CINEMA: FILMES BRASILEIROS PREVISTOS PARA OS PRÓXIMOSSETE MESES.
  • E ALGUNS LANÇAMENTOS
  • ADIADOS PARA 2002.
  • Bruno Wainer vai guardar cinco de seus seis principais lançamentos para momento mais seguro.

    http://revistadecinema.com.br/2021/05/cinema-brasileiro-enfrenta-mais-um-ano-de-bilheterias-reduzidas/

  • * FRENTÃO COM SELEÇÃO DE MATERIAIS DE IMPRENSA

  • frentao.com: (sem o til) acessem

  • ***** EMBAUBA PLAY:

  • Embaúba lança streaming com catálogo composto de filmes brasileiros contemporâneos. Mostra com 80 longas e curtas começa nessa sexta-feira..

  • * CELSO VIÁFORA

  • lança novo CD, que vem acompanhado com livro

  • (letras, cifras e histórias).

  • + MOSTRA “O CINEMA E A
  • LUTA DOS TRABALHADORES” (SÁBADO, 21hOO): NA TVT
  • . Nesse DIA 22 de MAIO: GREVE!, de João Batista de Andrade
  • . DIA 29 de MAIO: Em Nome da Segurança Nacional, de Renato Tapajós
  • . DIA 5 DE JUNHO: VLADO, Trinta Anos Depois, de João Batista de Andrade
  • . DIA 12 DE JUNHO: “Esquerda em Transe”, de Renato Tapajós
  • . DIA 19 DE JUNHO: “BRAÇOS CRUZADOS, MÁQUINAS PARADAS”, de Roberto Gervitz e Sérgio Toledo Segall
  • . DIA 26 de JUNHO: “SANTO E JESUS: METALÚRGICOS”, de Cláudio Kahns e Antônio Paulo Ferraz
  • . DIA 3 de JULHO: “TRABALHADORES, PRESENTE”, de João B. de Andrade
  • . DIA 10 de JULHO: O HOMEM QUE VIROU SUCO, de João Batista de Andrade
  • . DIA 17 de JULHO: “PEÕES”, de Eduardo Coutinho (a confirmar)
  • + PROGRAMA “CINEMA
  • METALÚRGICO E HOMENAGEM A TAPAJOS” (no YouTube de Evaldo Mocarzel)
  • + PODCAST SOBRE
  • “GUERRAS NOS CINEMA
  • SOVIETICO E RUSSO” (10 FILMES ESCOLHIDOS – CPC-UMES) + CPC-UMES tem em catálogo de DVDs: mais de 50 títulos russos e soviéticos
  • + Na Revista de Cinema: CONVERSA COM TARIK DE SOUZA SOBRE O DOCUMENTARIO “SERGIO MENDES E O TOM DA ALEGRIA”