BILHETERIAS BRASILEIRAS + A FORÇA DE “DEMOCRACIA EM VERTIGEM” E “HONEYLAND” + MOSTRA MOSFILM DUPLICA PUBLICO + PAULO FREIRE (foto), PATRIMÔNIO DO BRASIL INTELIGENTE E GENEROSO

 + BILHETERIAS BRASILEIRAS + OSCAR 2020 + VENCEDORES DO FEST HAVANA 2019 (ANIMAÇÃO BRASILEIRA ARREBENTA A BOCA DO BALÃO)

+ BARRETÃO DOCUMENTARIO (POLÊMICA) + NOVAS MATÉRIAS: REVISTA DE CINEMA + ABRAÇO DA SERPENTE

+ REVOLTA DOS MALÊS:
Último episódio da minissérie Revolta dos
Malês estreia no SescTV neste próximo sábado,
dia 21, à noite. Quatro episódios anteriores
também podem ser vistos.

****BILHETERIAS BRASILEIRAS

**********DATA: 17-12-2019

…..Estreias Brasileiras:
Nenhuma

…….Continuações:
. Os Parças 2…………………………..1.142.097
. Vai Que Cola 2……………………….853.069
. BACURAU……………………………..732.152
. Ela Disse, Ele Disse…………………243.995
. CARCEREIROS………………………182.856
. A VIDA INVISÍVEL…………………93.914
. Roberto Carlos em Jerusalém…..69.448
. Maria do Caritó……………………….40.800
. BIXA TRAVESTY…………………….11.199
. O Juízo……………………………………..10.570
. UMA: Luz dos Himalaias…………..7.901
. AZOUGUE NAZARÉ………………..3.949

. Ainda Temos Imensidão da Noite…520
. Diante dos Meus Olhos…………….não disponível
*****Chamam atenção as bilheterias de “A Vida Invisível”, que se aproxima dos 100 mil espectadores, e “Bixa Travesty”, que já vendeu mais de 11 mil ingressos….

****HOJE,
(20h00 ou 22h00???),
no Canal Brasil,
Sessão LATINIDADE, exibe
O ABRAÇO DA SERPENTE, de
Ciro Guerra (dele, garantido, na
minha lista dos melhores do ano:
Pássaros de Verão, com Cristina Gallego)

*****HOJE: 22h17: episódio duplo de
SEGUNDA CHAMADA, ótima série, na TV Globo.
Com participação de Flávio Bauraqui.

*****RETROSPECTIVA DE
FILMES BRASILEIROS NO CINESESC

***SEMI-FINALISTAS AO OSCAR
Brasil presente com o potente documentário (disponível na Netflix) “Democracia em Vertigem”, de Petra Costa, um filme subjetivo e delicado, que entrou em listas de “Dez Mais do Ano”, nos EUA. E o macedônio do norte, “Honeyland” bombando nas categorias prévias “documentário” e “melhor filme estrangeiro”. Uma associação de Críticos do EUA (não me lembro qual), o elegeu como o melhor do ano. Assisti-o na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e fiquei chapada. Filmaço. E “Parasita” e “Dor e Glória” seguem firmes em todas as listas. Fernando Meirelles (e eu concordo com ele) vê o sul-coreano disputando o Oscar principal (melhor filme) e o Oscar de melhor produção internacional (como “Roma”, ano passado). O Brasil está entre os 15 seminfinalistas na categoria DOC como parceiro do longa alemão “Privacidade Hackeada”, que vimos no Festival É Tudo Verdade…..

*****HOJE,
no programa
de Marcelo Tas
NA TV CULTURA
Depois das 22h00:
Provocações com Fernando Meirelles

*Haverá pré-estreias pagas
de “Minha Mãe é Uma Peça 3” neste final de semana??? Ontem, Zanin e eu fizemos uma maratona de filmes no Cinemark Praiamar, aqui em Santos (nos atualizamos com filmes do circuitão que perdemos nos 21 dias que passamos em Brasília e Jampa-PB) e assistimos várias vezes ao trailler do filme protagonizado por Paulo Gustavo. O público se esbaldou de rir.

******NOVE LIVROS DA ABRACCINE:
Associação Brasileira de Críticos de Cinema
. 100 Melhores Filmes Brasileiros.
. 100 Documentários
. 100 Filmes de Animação
. 100 Curtas-Metragens
. Jean-Claude Bernardet
. Ismail Xavier
. Crítica Cinematográfica
. Festival de Paulínia, por João Nunes
. Mulheres Atrás da Câmeras (+ perfis de quase 300 realizadoras)

****PODCAST ABRACCINE:
Edições disponíveis…… (aguarde)

*****Último episódio da minissérie
Revolta dos Malês estreia no SescTV

***ENCONTREI O LIVRO
com 100 perfis de NOTÁVEIS BLACK, nova publicação de
Nei Lopes, pesquisador, escritor, compositor, cantor (e ser humano inspirado e bem-humorado como poucos). Procurei e encontrei de primeira na Livraria Saraiva, nop Shopping Miramar, em Santos. Livro ganhou bela capa na Folha ILUSTRADA e matéria (na minha opinião, menor do que ele merecia e merece) em O Globo. Em breve veremos, na TV, série sobre a trajetória deste grande artista carioca.

******* 6ª MOSTRA MOSFILM – 2019
Público consolidado

Sexta edição da “Mostra Mosfilm de Cinema
Soviético e Russo” dobra seu público em
novos espaços (Itaú Augusta e Olido)

A turma do CPC-UMES, que promove a Mostra Mosfilm de Cinema Soviético e Russo, está muito satisfeita. O evento, que fez suas cinco primeiras edições na Cinemateca Brasileira, este ano estreou casas novas (Espaço Itaú Augusta e Cine Olido). E duplicou o público. Foram 3 mil espectadores em São Paulo (foi bem, também, em Porto Alegre??? Com a palavra, os gaúchos). A turma do CPC-UMES lembra que houve a dobra de público em relação à mostra passada, com “uma diferença: desta vez os ingressos foram vendidos” (nas outras edições eram gratuitos). Com o novo governo, hostil à cultura, rolou muito boato de que o novo comando da Cinemateca Brasileira não queria saber da Mostra de Cinema Soviético e Russo. Não tive como checar esta informação… Mas, se houve tal má vontade, o tiro (eles que tanto defendem armas!) saiu pela culatra. A Mostra ganhou maior visibilidade em seus “novos lares”. E pôde, no Olido, promover sua feira de artesanto e comidas eslavas.