+ BILHETERIAS BRASILEIRAS + PERSPECTIVA 2019 (NA REVISTA DE CINEMA/Uol)

+ CINE BRASÍLIA (EXONERAÇÃO DE SÉRGIO MORICONI) + MILITARIZAÇÃO DE ESCOLA + “MUSEU” NO MUSEU (LASAR SEGALL, PELO MENOS ATÉ ESTA QUARTA-FEIRA, NÃO PERCAM: na foto abaixo, um dos melhores momentos do filme: os dois ladrões do museu conversam com um colecionador de arte

britânico sobre pilhagem de acervos artísticos)

+ PERSPECTIVA 2019
(NA REVISTA DE CINEMA/Uol)
DEPOIS DE BILHETERIAS
DESESPERADORAS, A BONANÇA??
http://revistadecinema.com.br/2019/01/cinema-brasileiro-perspectivas-2019/

+ BILHETERIAS BRASILEIRAS

Pré-estreia:
. Temporada……………………………………..328

CONTINUAÇÕES:
. Minha Vida em Marte……………………………….2.698.870
. DPA, O Mistério Italiano…………………………..1.184.743
. Grande Circo Místico……………………………………..50.348
. Beijo no Asfalto…………………………………………….7.413
. Tinta Bruta………………………………………………..7.388
. Diamantino………………………..3.555

+ PREMIOS LEVAM “ROMA” A
CINEMAS DE TODAS AS REGIÕES BRASILEIRAS

+ CURSO: ROBERT BRESSON

POR EVALDO MOCARZEL

Oi Rô: Vou dar um curso sobre Bresson no Espaço Itaú de Cinema em fevereiro! Abaixo o link do site da Escola do Circuito Espaço — Curso inserido nos site do Escola do Itaú:

https://www.escolanocinema.com.br/robert-bresson

http://www.itaucinemas.com.br/pag/cursos

+ FILMES DE NARA “Guaxuma”
NORMANDE EM SÃO PAULO
+ VEJAM NO BLOG DO
CRITICO CHICO FIREMAN,
LISTA DE MELHORES FILMES INTERNACIONAIS E BRASILEIROS. E, também, momento especial do ano.
Votaram dezenas de críticos.

+ CINE BRASÍLIA (EXONERAÇÃO DE SÉRGIO
MORICONI) + MILITARIZAÇÃO DE TRÊS ESCOLAS
NO RECANTO DAS EMAS-DF

+ NA REVISTA DE CINEMA/Uol:
Perspectiva do Cinema Brasileiro em 2019: depois das bilheterias trágicas de 2018, virá a bonança? Com quais filmes? Alguns dos lançamento previstos para este ano.

+ CURSO: ROBERT BRESSON

POR EVALDO MOCARZEL

Oi Rô: Vou dar um curso sobre Bresson no Espaço Itaú de Cinema em fevereiro! Abaixo o link do site da Escola do Circuito Espaço — Curso inserido nos site do Escola do Itaú:

https://www.escolanocinema.com.br/robert-bresson

http://www.itaucinemas.com.br/pag/cursos

+ CINE BRASÍLIA (EXONERAÇÃO
DE SÉRGIO MORICONI): leiam no Portal METROPOLES, texto de Conceição Freitas sobre a trajetória do jornalista, crítico de cinema e professor Sérgio Moriconi.

+ MILITARIZAÇÃO DE
ESCOLA (Depoimento de um professor)

RECEBO DUAS NOTÍCIAS TERRÍVEIS DE BRASÍLIA, cidade que amo, onde vivi por 25 anos, fiz o colegial e dois cursos na UnB (Jornalismo e Letras) — com uma expulsão e anistia no meio —, onde nasceram meus filhos e 3 netinhos. 1. Jorge Artur, meu filho, mestre e doutor em HISTÓRIA pela mesma UnB, criada por Darcy Ribeiro— vejam abaixo, nesta remessao que ele conta sobre escola da rede pública, onde trabalha (no RECANTO DAS EMAS). Por decisão do novo governo do DF, orientadores pedagógicos estão sendo dispensados e trocado por militares…
2. CINE BRASÍLIA perde seu programador, SÉRGIO MORICONI, FOTO, cineasta, crítico e professor dos mais QUALIFICADOS. Ele resgatou o lindo cinema niemárico transformando sua programação em algo invejável. A comunidade cinematográfica de BRASÍLIA está em pé de guerra com o novo governo…

**************************************

NO SESCTV
Assinada por Ugo Giorgetti,
nova minissérie O Cinema
Sonhado estreia on demand
no site do SescTV
A produção reúne memórias do cinema paulista a partir das experiências de cineastas e produtores entre os anos de 1963 e 1990. Os episódios estarão disponíveis na íntegra e gratuitamente a partir de 21/1 em sesctv.org.brApresentada e dirigida pelo cineasta Ugo Giorgetti, a minissérie O Cinema Sonhado rememora o cinema paulista em duas fases: as produções da década de 1950, de cineastas formados nos grandes estúdios da época; e as dos anos de 1970 e 1980, realizadas pelos primeiros alunos do curso de cinema da ECA – Escola de Comunicação e Artes da USP. Realizada pelo SescTV, a produção é dividida em quatro episódios: Pelas Ruas do Bixiga; Blimp Film; ECA;e Nos Caminhos da Vila Madalena, que serão disponibilizados na íntegra a partir de 21 de janeiro para serem assistidos on demand, em alta definição, no site do canal (sesctv.org.br). O acesso é gratuito e não há necessidade de cadastro. —No mesmo dia, será realizado um bate-papo que marca o lançamento da minissérie, no CineSesc, na capital paulista, a partir das 20h30, com a participação do diretor Ugo Giorgetti e dos professores e pesquisadores de cinema Ismail Xavier e Dora Mourão, ambos da ECA.

+ CARTA ABERTA DE UM PROFESSOR DE
HISTÓRIA, NO RECANTO DAS EMAS,
AO GOVERNADOR DO DF

Salve pessoas. Como vão? Espero que bem, embora eu ache difícil nos tempos atuais.
O que me traz até aqui é que descobri na última sexta-feira (11/01/19), por conta do anúncio do novo governador do DF Ibaneis Rocha, que minha escola, o CED 308 do Recanto das Emas, assim como outras três escolas da rede pública do DF, serão espaços de um projeto da Secretaria de Segurança para disciplinar alunas e alunos através da MILITARIZAÇÃO. Você pode encontrar farto material informativo na imprensa com uma pesquisa rápida.

Os parâmetros que tenho sobre o funcionamento são os que circulam na imprensa: a parte disciplinar será cuidada por uma equipe de 20 a 25 policiais e/ou bombeiros militares fora da ativa, enquanto a parte pedagógica viverá pretensamente alheia a isso. Além disso, musicalização e orientações morais e cívicas serão trabalhadas no contra-turno. As alunas e alunos terão de usar fardas e professoras e professores usarão jalecos.

NÓS NÃO FOMOS CONSULTADOS.

Nós, professores do CED 308 do Recanto das Emas não fomos e não estamos sendo consultados. A comunidade não foi consultada. Esse processo atropela o nosso Projeto Político Pedagógico e FERE A AUTONOMIA DE NOSSA ESCOLA.

Conversas estão sendo buscadas com sindicato, imprensa e contatos políticos para esclarecer as coisas.

Se você puder ajudar informando às pessoas que essas arbitrariedades violentas estão acontecendo, eu agradeço.

E sabe o que é pior… eu voltei pra escola após o doutorado no começo do ano. Minha escola não tem mais orientadora pedagógica. Faz uma falta incomensurável todo dia. Queriam fechar a Sala de Recurso, que atende a cerca de 15 alunos com necessidades especiais na minha escola. A melhor professora de português da minha escola (a melhor que eu conheço) fez o concurso de remoção e não estará esse ano.

EU NÃO PRECISO DE MILITARES PARA DISCIPLINAR MINHAS ALUNAS E ALUNOS. EU PRECISO DE ORIENTADORAS, COORDENADORES, PROFESSORAS.

Se a minha escola receber 20 pedagogas, indubitavelmente haverá melhora da experiência escolar, inclusive no aspecto disciplinar.

Minha escola convive com notas baixas do IDEB há anos, com queda inclusive, e está localizada em uma área de periferia com problemas infindáveis de violência cotidiana. É verdade.

Isso não vai resolver o meu problema e de quem estuda comigo, que estou nessa escola há 9 anos.

GOVERNADOR, NOS FORNEÇA 20 PROFISSIONAIS DA ÁREA DE EDUCAÇÃO, INSTRUMENTOS PARA A MUSICALIZAÇÃO, 200 MIL ANUAIS EM INVESTIMENTOS E TEREMOS RESULTADO MELHOR QUE O DAS ESCOLAS MILITARIZADAS.

Honestamente, Jorge Santos, professor.

+ NO ESPAÇO ITAU DE CINEMA-SP:

Guaxuma e Outras Histórias Espaço
Itaú de Cinema estreia programa de
curtas da diretora Nara Normande

Com 60 minutos de duração, o programa

Guaxuma e Outras Histórias será exibido

diariamente, em seis cinemas, a partir de 07 de

fevereiro, com ingressos a R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia)

FOTOS: https://goo.gl/S5ouZm

A Distribuidora Arteplex Filmes vai exibir três curtas-metragens da diretora alagoana Nara Normande, em um único programa, no circuito Itaú Cinemas. A proposta é abrir espaço permanente ao curta, reconhecendo a importância que este formato tem para o cinema brasileiro. “Exibir curtas-metragens com tratamento de longa permite que um novo público possa apreciar a qualidade dos filmes curtos produzidos no Brasil”, diz o diretor de programação dos cinemas Itaú, Adhemar Oliveira.

Guaxuma, teve sua estreia internacional em Annecy em 2018, foi premiado no Anima Mundi e no Festival de Gramado; no Festival de Brasília, recebeu o prêmio de Melhor Direção e no Festival de Curtas de São Paulo o Prêmio do Público. Também foi escolhido Melhor Filme Narrativo no Festival de Animação de Ottawa e, no Festival de Hamptons (Oscar qualifying), ganhou o prêmio de melhor curta documentário. O filme também foi selecionado parao Festival de Documentários de Amsterdã (IDFA) e para Festival de Toronto, ambos de 2018.

O filme foi realizado com três técnicas de animação: animação em areia 2D, escultura em areia e stop motion de bonecos. Guaxuma é fruto de encontros entre o Brasil e a Europa, de animadoras e animadores com um ponto em comum: a paixão e a dedicação à profissão.

O segundo curta que Nara Normande codirigiu com Tião, Sem Coração, é uma ficção vencedora do prêmio Illy de Melhor Curta-Metragem na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2014 e do prêmio Coral de Melhor curta de ficção no Festival de Havana. Também foi premiado pelo público em Bilbao/Espanha e em Dresden/Alemanha. No Brasil, recebeu os prêmios principais nos Festivais de Brasília, Internacional de Curtas, Goiânia, Curta Cinema/Rio, Diálogo/ PoA, além de selecionado para Clermont Ferrand (France), Rotterdam (Holland) e New Directors/New Films (USA).

Dia Estrelado, o primeiro curta de animação dirigido por Nara, foi premiado em diversos festivais brasileiros como o Janela Internacional de Recife, o Cine Ceará (prêmio Abraccine), o Festival Internacional de Curtas, oFestival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental – FICA, além de ter sido selecionado para o Festival de Havana e o de Bogotá.