+ FEST HAVANA NO CINEJORNAL

+ MICO DO ANO (NADA A PERDER) + Marighella de WAGNER MOURA vai ao FEST BERLIM????

+ HELENA IGNEZ e “A MOÇA DOP CALENDÁRIO” (CANAL BRASIL, DIA 8) + FEST HAVANA NO CINEJORNAL (DOMINGO, 17h30) + MICO DO ANO (“NADA A PERDER”: eleito pelos leitores da Folha de S. Paulo) + Marighella de WAGNER MOURA vai ao FEST BERLIM????

+ A MOÇA DO
CALENDÁRIO (CANAL
BRASIL, DIA 8 DE JANEIRO)

+ “CINEJORNAL”, NO CANAL BRASIL:

COBERTURA DO FEST HAVANA 2018

Ontem, sábado (29-12-18), o CINEJORNAL, do Canal Brasil, apresentou reportagem especial de Erika Rodrigues, sobre a quadragésima edição do Festival do Novo Cinema Latino-Americano de Havana, Cuba, encerrado semana passada. O programa será reprisado neste domingo, às 17h30, e na sexta-feira, 12h30. O Canal Brasil acompanhou o Festival inteiro e mostra seus melhores momentos, em especial a participação internacional e brasileira no maior dos festivais dedicados ao cinema latino-americano. O país vencedor, este ano, foi a Colômbia (melhor ficção e melhor documentário). O Brasil venceu na categoria Animação (com”Tito e os Pássaros”).

+ CINEJORNAL, NO CANAL BRASIL:

COBERTURA COMPLETA DO
FESTIVAL DE HAVANA 2018:
Assisti ao programa ontem (meia hora dedicada integralmente ao festival cubano). Tem reprise hoje, DOMINGO, 17h30. E sexta (12h30). Vale a pena. Erika Rodrigues entrevistou convidados internacionais e brasileiros, muitosss. Entre os estrangeiros, Matt Dillon contou que gosta de “chorinho e sambalanço” (para alegria de Tarik de Souza e Fabiano Maciel, que concluem filme sobre o ritmo balançante!! — risos). Imagens maravilhosas da capital caribenha, externas maravilhosas do Hotel Nacional que debruça rumo ao mar, trechos de filmes (imagens pesquisadas por Maristela Pereira), bons depoimentos (excelente o de IVAN GIROUD, sucessor de Alfredo Guevara no comando do Fest Havana). Dados que embasaram a fala dele: “quando o Festival foi criado, 4 décadas atrás, recebíamos um número pequeno de inscrições. Este ano (Edição 40), recebemos 1.900 inscritos. Selecionamos 377 filmes”. Então, com tamanha oferta de filmes, tudo muda, o apuro da curadoria se faz necessário, etc, etc. O FEST HAVANA 40 recebeu um Prêmio PLATINO especial da Egeda-Fipca por sua contribuição à difusão do cinema de língua espanhola e portuguesa.

+ WAGNER MOURA
(MARIGHELLA, O FILME:
vai ao FEST Berlim???)

+ NO CANAL BRASIL:

COBERTURA DO FEST HAVANA 2018

+ MST NA MIDIA

+ MICO DO ANO: segundo o Guia da Folha

(Voto Popular): as salas vazias de “Nada a Perder”

+ A MOÇA DO CALENDÁRIO
Filme de Helena Ignez será exibido pelo Canal
Brasil, em horário nobre, dia 8 próximo
(uma terça-feira). Não percam.

+ OS MELHORES (E
OS MICOS) DO ANO:
Fiquei tão entusiasmada em ver o azteca MUSEU, de Alonso “Güeros” Ruizpalácios (em cartaz no Museu Lasar Segall, em SP, 16h30) na lista dos melhores filmes do ano, segundo o juri de Críticos da Guia da Folha de S. Paulo, que nem folheei o resto do caderno. Aí, vi um post do cineasta e roteirista Luiz Bolognesi comentando a presença de EX-PAJÉ na lista dos melhores brasileiros (eu tinha visto) e ele falava nos escolhidos do PUBLICO. Esta parte eu não tinha visto. Fui procurar e deparei-me com outra excelente sacada do guia da FSP: reproduzo o que se refere a “Nada a Perder”, a “bio” do bispo: “No total, a
enquete do Guia para o mico do ano recebeu 1.251 votos,
e os LUGARES VAZIOS em ‘Nada a Perder’ ficaram com
44% da preferência (ou reprovação) dos leitores.
*Feito este registro, faço mais uma consideração sobre a tal “bio” que se anuncia como a maior bilheteria da história do cinema brasileiro: Se nós, jornalistas, dermos crédito a esta informação, estaremos endossando (compactuando) com uma fraude. E abrindo precedente: se em um ou dois anos um milionário bolsonorista (como aquele que queria obrigar os funcionários de sua loja, aquela que ostenta a estátua da Liberdade como símbolo, a votar no BolsoMoro) realizar uma “bio” do capitão e comprar
12,1 milhões de ingressos (e presenciarmos sessões que venderam todos os ingressos, mas salas com muitass poltronas vazias!!!) diremos que tal filme é a maior bilheteria de nossa história??? Pondero que acho que “10 Mandamentos” levou milhões de pessoas ao cinema (com ingressos doados e comprados por vontade própria) por causa da trama bíblica, do Mar Vermelho, das pragas do Egito, etc, etc, etc. Já cansei de contar no Almanakito que vi a sala abarrotada quando o filme estreou no Cinemark Praiamar Santos. E vi a mesma sala às moscas (contei umas 12 ou 13 pessoas na plateia) para a “bio” bispal. Não se compara a chatice da história de vida do empresário religioso com o poder de atração de histórias bíblicas… Basta fazer uma enquete nas ruas e perguntar: quem é o Capitão Nascimento? Em que filme ele aparece?? Descreva uma sequência do filme que ele protagoniza. ****E perguntar: quem é o Bispo Macedo?? Em que filme ele aparece?? Descreva uma sequência do filme….

***MST NA MIDIA
+ JUCA KFOURI NA TVT
+ Vejam longa reportagem sobre o mst
e a reforma agrária no Brasil, e entrevista
com João Pedro Stedile, no jornal
espanhol EL PAIS, 30 dezembro 2018

reportagem

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/13/politica/1544736443_496134.html

entrevista

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/13/politica/1544729076_692830.html

denuncia dos assassinatos de militantes na paraiba

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/12/09/politica/1544384251_712731.html

**WAGNER MOURA

O que acontecerá quando

“Marighella” for lançado? O filme vai ao Festival de Berlim????