PREMIO CANAL BRASIL PRA “NOVA IORQUE”, DE LEO TABOSA + 20 ANOS + 300 COPRODUÇÕES + SERIE DE HILTON LACERDA E DJ DOLORES

*********************
*PREMIO CANAL BRASIL PARA
“NOVA IORQUE”, DE LEO TABOSA: Um juri composto com 11 integrantes (Mônica Kanitz, Susana Itiberê, Roger Lerina, Carlos Heli de Almeida, Paulo Henrique Silva, Alessandro Giannini, Victor , Robledo Milani, Ismaelino Pinto, Luiz Zanin Oricchio e Maria do Rosário Caetano) escolheu o curta pernambucano, filmado em Serra Talhada, “NOVA IORQUE”, de Leo Tabosa, para receber o Prêmio Canal Brasil. O filme tem Hermila Guedes e Marcelia Cartaxo no elenco e fotografia de Beto Martins (premiado com o Kikito). O Canal Brasil comemora, neste mês de setembro, seu vigésimo aniversário e soma 300 (trezentas!) coproduções de longas, médias e curtas-metragens (realizados em parceria com dezenas de produtoras de todas as regiôes brasileiras). Depois de estrear programa comandado por Gilberto Gil (semana passada), o Canal vai comemorar seu aniversário com festa — dia 15 de setembro — no Circo Voador (animada pela banda Nação Zumbi) e estrear série que marca a estreia de DJ Dolores, grande trilheiro, na direção, em parceria com Hilton Lacerda.
A dupla recriou, em cinco episódios de 50 minutos cada, e ficcionalmente, a história do Mangue Beat, que sacudiu Pernambuco nos anos 1990, com Chico Science e trupe.