PREMIO ALMANAQUE DE JULHO DE 2017 PARA SPIKE LEE – ANO 60

***********PREMIO ALMANAQUE
O Prêmio Almanque deste mês de julho vai para Spike Lee, que está comemorando 60 anos. E, em especial, para três de seus filmes, na minha opinião os melhores que ele realizou em sua prolífica trajetória, desde os tempos na NYU (foi aluno de Scorsese) até hoje: Bamboozled – A Hora do Show (2000), Febre na Selva (1991) e O Plano Perfeito (2006). Claro que o seminal
“Faça a Coisa Certa” (1989) não pode ser esquecido. Foi o filme
que projetou o cineasta-ator e causou fundo impacto nas novíssimas gerações de cineastas black, pelo mundo inteiro, incluindo o Brasil de Joel Zito Araújo e Jeferson De. Afinal, há mais de Spike Lee no Dogma Feijoada, da fase uspiana de Jeferson, que do Dogma 95 dinamarquês. E uma questão: o que foi feito do material documental colhido por Spike Lee, em sua passagem pelo Brasil, poucos anos atrás, quando entrevistou Gilberto Gil, Lázaro Ramos, Caetano Veloso, Wagner Moura, Dilma, então presidenta, entre muitos outros???