********”FRIDA & DIEGO”, PEÇA DE MARIA ADELAIDE AMARAL, COM LEONA CAVALLI E JOSÉ RUBENS CHACHÁ, MAIS MÚSICOS (dois instrumentistas no acordeon, contrabaixo, banjo, etc) E DOIS RAPAZES NO ELENCO DE APOIO. NO TEATRO J. SAFRA, NA BARRA FUNDA PAULISTANA. TEMPORADA ATÉ A próxima semana. Peça já foi vista por 200 mil espectadores. Direção moderna, com recursos pictóricos e cinematográficos (incluindo um filmezinho pornô ligth!!). O publico, numeroso, aplaudiu com entusiasmo. Um ônibus chegou com um grupo enorme e animado e lembramos do filme de Ugo Giorgetti, UMA NOITE EM SAMPA. Só espero que a noite deles tenha sido menos complicada que a georgettiana (risos). Meu sonho é que OFELIA MEDINA, a FRIDA de Paul Leduc, monte a peça da Maria Adelaide Amaral, no MEXICO. Afinal, nossa dramaturga e teledramaturga (de tantas séries e novelas na Globo) sabe Como ninguém falar de relações amorosas entre dois personagens (vide DE BRAÇOS ABERTOS, montada por Irene Ravache e Juca Ferreira). Na foto, no hall do Teatro J. Safra, um quinteto de jornalistas: NEUSA BARBOSA, LUIZ VITA, ORLANDO MARGARIDO, LUIZ ZANIN ORICCHIO E Rô Caetano. NÓs acompanhamos a carreira de Leona e de Chachá no cinema e na TV, desde que ela estreou em UM CEU DE ESTRELAS, de Tata Amaral, e ele atuava no curtas e longas da Turma da Vila Madalena. Não percam a bela montagem de FRIDA & DIEGO. *** P.S.: LHES RECOMENDO O BELO FILME DE Arturo Ripstein na Mostra Mexicana, no Cine Belas Artes:

AS RAZÕES DO CORAÇÃO. DESDE “PROFUNDO CARMESI”, o filme dele de que mais gostei.

Enviado do Ipad de Rosário

Anúncios