TAVERNIER + CINE DO EGITO + CUARÓN + FEST CINESESC 2017
+ 100 MELHORES DOCUMENTÁRIOS DA Abraccine 2017
+ CRISTINA PADIGLIONE NO PROGRAMA DE RONNIE VON

+ TAVERNIER & DAVID

BYRNE NO CANAL BRASIL.

+ MOSTRA DE CINEMA

EGIPCIO NO CCBB-SP

+ FEST CINESESC

MELHORES DO ANO 2017

+ CRISTINA PADIGLIONE NO
PROGRAMA DE RONNIE VON

+ AMANHÃ:

BILHETERIAS BRASILEIRAS

+ LISTA DOS
100 MELHORES
DOCUMENTÁRIOS
BRASILEIROS
. Filmes escolhidos

pelos associados da ABRACCINE
(nas livrarias, o livro

“Os 100 MELHORES

FILMES BRASILEIROS

(maioria ficcionais) -Editado pela
Letramento, de BH + Abraccine + Canal Brasil.
Formato álbum, fartamente ilustrado.

+ ESTREIAS BRASILEIRAS

***** ONTEM, DOMINGO,
NO CANAL BRASIL,
BERTRAND TAVERNIER
& DAVID BYRNE
foram os convidados do programa “JANELAS ABERTAS”, comandado por Felipe Nepomuceno e Pablo “Las Acácias” Giorgelli. Tavernier deu um show. Contou que perdeu um “meio olho” (vejam fotos no Blog Almanakito), era subnutrido (por causa das agruras da Segunda Grande Guerra Mundial), não gostava de fazer ginástica, enfim, era um desajustado. O cinema, disse ele, foi “minha vingança, minha revanche”. Disse coisas maravilhosas sobre o ofício que escolheu, que tem “tudo a ver com a música, não com a pintura”, como postulam alguns… Byrne foi divertido e amoroso com o Brasil. Lembrou o documentário que realizou, na Bahia, em 1988, sobre o ILÊ AYIÊ, o doc-fic “Histórias Reais” e os muitos videoclips que dirigiu. E contou uma história incrível sobre a trilha sonora de “O Último Imperador”, do Bertollucci, que ele faria sozinho, mas por falta de tempo dividiu com Ruychi Sakamoto e um chinês. Este JANELAS ABERTAS é uma maravilha. Creio que esta temporada é de 12 ou 13 programas. Vi uns 6 ou 7, todos excelentes. ** Hoje, no Canal Brasil, nova temporada de ESPELHO, de Lázaro Ramos.

+ MOSTRA DE CINEMA
EGIPCIO NO CCBB-SP
* Tudo farei para ver ao menos uns 2 ou 3 filmes nesta Mostra CINE DO EGITO, que estreia no CCBB-SP, nesta quarta-feira,
dia 29, e prossegue até dia 10 de abril, com homenagem ao
cineasta MOHAMED KHAN (1942-2016). E registro aqui meus parabéns ao CCBB, que está cumprindo a verdadeira função de um espaço cultural digno do nome: está buscando revelar cinematografias por nós desconhecidas, ao invés de mostrar a obra de realizadores que têm espaço nobre nos cinemas, nas TVs abertas e fechadas, em DVD…. enfim em todos os suportes possíveis e imagináveis!!!!

+ EL DESIERTO,
DE JONAS CUÁRON:
Finalmente assisti ao filme que venceu o Fest Havana 2016. Depois comento…. Alguém sabe me dizer quantos espectadores teve (no mercado mexicano) este filme dirigido pelo jovem co-roteirista de GRAVIDADE (sim, ele é filho de Alfonso “E Tu Mamán Tambiém” Cuáron e sobrinho de Carlos Cuarón)???????.
*****E já que falei em ALFONSO CUARÓN (e ainda não tive tempo de fazer — mas farei! — uma penca de flashes sobre
viagem ao México) faço pelo menos um primeiro deles:
Li imensa entrevista do diretor do oscarizado GRAVIDADE,
na imprensa azteca. Ele finaliza, em sua cidade natal, a capital mexicana, seu novo longa, chamado ROMA. Se entendi bem, é
o nome de um bairro (ou de um quarteirão, seja lá o que for),
onde ele cresceu. Com este filme, Cuarón evoca sua infância e pré-adolescência capitalina. E volta a filmar na Cidade do México depois de uns 15 ou 16 anos (está vivendo praticamente nos EUA, assim como o filho Jonas)… O cineasta deu declarações fortes e inteligentes. Mas destaco aqui apenas uma observação dele: Cuáron lembrou que a maior dificuldade encontrada nas filmagens foi reconstituir a paisagem humana da Cidade do México de sua infância e adolescência. Mais que a paisagem física (o filme, salvo engano, se passa na década de 1970). “Naquela época, éramos flacos (magros). Hoje, a população mexicana está muito gorda”. Juro, eu tinha comentado a mesma coisa com Zanin. Os mexicanos amam comer. É muita fritura, muito guacamole (dizem que o abacate é a fruta mais gordurosa que existe), muita pimenta/chili (que cobra seu preço exigindo líquido e doces!!!), muito suco de tomate (vício que readquiri lá!!! minha geladeira está cheia de garrafas e garrafas de suco de tomate)… Gente, eu só penso no México!!!!!!

*******ESTREIAS BRASILEIRAS:
Aguardemos (vale conferir):
.Vermelho Russo, deliciosa

comédia de Charly Braun

. A Glória e Graça, de Flavio Tambellini

. “Galeria F”, de Emília Silveira: pre-estreia nesta quarta-feira, no CCSP-VERGUEIRO, seguida de debate com a diretora. Para convidados e público em geral (sujeito a lotação)

*** A OPINIÃO PUBLICA:
Quem reviu-assistiu, recentemente, ao filme de Arnaldo Jabor — Opinião Pública, que teve Vladimir Carvalho como assistente de direção — e pode me confirmar se, além de Wanderley Cardoso, Jerry Adriani e etc, aparece o conjunto The Brazilian Beatles (do qual fazia parte Sandro Solviati). Meu DVD jaboreano está em São Paulo (estou em Santos).

***LI ONTEM,
na revista Serafina, da FSP,
ótimo papo com Chay Sued, ator jovem e
inteligente. É fã de Wagner Moura, um ator “macho”,
diferente de minha geração — brincou (vejo o meu caso) —
toda andrógina. E o garoto é politizado.

***********STEPHEN BOCSKAY:
O professor norte-americano, louco pelo Brasil e atualmente dando aulas na UFPE (Federal de Pernambuco), motiva com suas pesquisas sobre o samba, série em O GLOBO-Segundo Caderno, iniciada ontem (26-03-17). Ele acessou documentos da Divisão de Censura a Diversões Públicas e viu que sambistas também tiveram versos (e composições) censurados. Ele está preparando o livro “Samba e Afro-Política Durante a Ditadura Militar Brasileira”.

*****COMEDIA ROAD MOVIE:
De onde vem Fernando FRAIHA,
diretor de LA VINGANÇA? Do teatro?????

******** WALTEL BLANCO:
que delícia o texto de Estrela Leminski sobre o compositor (do sambalanço, inclusive) Waltel Branco, primo distante de Paulo Leminski, pai dela. Ele vive agora em Curitiba (nasceu em Paranaguá), aos 87 anos, esperando novos convites de trabalho. Ontem, na Ilustríssima (FSP)

******Festival CineSesc
MELHORES DO ANO. Qual será a edição
deste ano?? Número 39?? 40???
Filmes, debates, expô, entrega de prêmios. *** Estou aqui na torcida para que a atriz JULIANA GALDINO (“Leite Derramado”) participe, de alguma forma, da festa de premiação. Será dia 6 de abril, quinta-feira da semana que vem?????

*****Lista 100 MELHORES
DOCUMENTÁRIOS DA Abraccine 2017

+ FAREMOS (a Abraccine) UMA LISTA, UM DIA, DAS MELHORES ANIMAÇÕES BRASILEIRAS???? Há “massa crítica” para tanto????? Para 100, creio que jamais……

***** LEIAM A OMBUDSMAN,
NA FOLHA (19 e 26 de março)

*** REVISTA CAROS AMIGOS

**** BOULOS ESTREIA NA CARTA CAPITAL

*** FRIDA, EL PINCEL DE LA ANGUSTIA

****NUCLEO DE CAMPINAS:
ANIMAÇÕES EM LONGA-METRAGEM

+ CRISTINA PADIGLIONE NO
PROGRAMA DE RONNIE VON +

***NO PRÓXIMO ALMANAKITO, E/OU NA REVISTA DE
CINEMA DIGITAL, VOU COMENTAR OS ACERTOS E
AS AUSENCIAS DESTA LISTA, NA MINHA opinião… Bjs rô

Lista doc. Abraccine

LISTA COMPLETA

1. Cabra Marcado para Morrer

2. Jogo de Cena

3. Santiago

4. Edifício Master

5. Serras da Desordem

6. Ilha das Flores

7. Notícias de uma Guerra Particular

8. Ônibus 174

9. Di

10. Aruanda

11. O Prisioneiro da Grade de Ferro

12. O País de São Saruê

13. Viramundo

14. ABC da Greve

15. Jango

16. Garrincha, Alegria do Povo

17. Imagens do Inconsciente

18. Estamira

19. Santo Forte

20. Janela da Alma

21. Conterrâneos Velhos de Guerra

22. A Opinião Pública

23. Martírio

24. Cidadão Boilensen

25. Entreatos

26. Maioria Absoluta

27. Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos

28. São Paulo – Sinfonia da Metrópole

29. Uma Noite em 67

30. Corumbiara

31. Elena

32. Justiça

33. Peões

…. Cinema Novo (2016)

35. A Música Segundo Tom Jobim

36. Memória do Cangaço

37. Arraial do Cabo

38. O Poeta do Castelo

39. Que Bom Te Ver Viva

40. A Paixão de JL

41. Terra Deu, Terra Come

42. Carro de Bois

43. Socorro Nobre

44. Mato Eles?

45. Lixo Extraordinário

46. A Cidade É uma Só?

47. Soy Cuba, o Mamute Siberiano

48. Os Anos JK – Uma Trajetória Política

49. Tudo É Brasil

50. Iracema, uma Transa Amazônica

51. Loki – Arnaldo Baptista

52. O Fim e o Princípio

53. Nelson Freire

54. Doméstica

…. Braços Cruzados, Máquinas Paradas

56. Dzi Croquettes

57. Brasília – Contradições de uma Cidade Nova

58. Triste Trópico

59. O Dia que Durou 21 Anos

60. Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

61. Pan Cinema Permanente

62. Diário de uma Busca

63. Theodorico, o Imperador do Sertão

64. Os Dias com Ele

65. Um Passaporte Húngaro

66. Mataram Meu Irmão

67. Juízo

68. Pacific

…. Branco Sai, Preto Fica

70. Maranhão 66

71. No Paiz das Amazonas

72. Cássia Eller

73. Linha de Montagem

74. Nelson Cavaquinho

75. O Porto de Santos

76. O Mercado de Notícias

77. Vinícius

78. Orestes

79. Glauber, o Filme – Labirinto do Brasil

80. Moscou

…. Andarilho

82. O Céu sobre os Ombros

83. 33

84. As Canções

85. Os Doces Bárbaros

86. Já Visto Jamais Visto

…. Esta Não É a Sua Vida

88. Raul – O Início, o Fim e o Meio

89. Subterrâneos do Futebol

90. Wilsinho Galileia

91. O Tigre e a Gazela

92. A Alma do Osso

93. Hércules 56

94. Mr. Sganzerla – Os Signos da Luz

95. Homem Comum

96. As Hiper Mulheres

97. Lacrimosa

98. Imagens do Estado Novo 1937-1945

99. Nem Tudo É Verdade

100. Bethânia Bem de Perto

Enviado do meu iPad

Anúncios