TELEVISÃO: KEN LOACH NA GLOBONEWS (MILENIO) &
LIRA NETO NO CANAL LIVRE (BAND NEWS)

*********KEN LOACH NO
MILÊNIO (GLOBONEWS)
Vou plagiar, aqui, a colunista Patrícia Kogut, de O Globo, de quem sou leitora diária, e dar “nota dez” para o programa Milênio, de Sillo Boccanera, com KEN LOACH. Não percam reprises na GloboNews. O entrevistado é hors concours: corajoso, sereno, dono de pensamento complexo, incapaz de alterar a voz.
O que ele diz sobre “Trump e seu significado político” é o melhor que já ouvi até hoje!!! (quero até rever o programa). Mas parte do mérito é de Boccanera, um excelente entrevistador, culto, preparado. E a edição do programa foi primorosa, com qualidade técnica de ponta e muitas imagens (de filmes de Loach, em especial. Eu queria que o entrevistador tivesse dado um jeito de colocar imagens de meu Loach preferido, TERRA E LIBERDADE, mas aí já era querer demais, risos). *** Faltou dizer, na nota que fiz sobre Manoel, o dono da banca santista, que é espectador fiel do Canal Brasil, que ele me disse que assiste a muitos programas da GloboNews, pois gosta muito de — prefere — programas jornalísticos. Decerto ele gosta dos programas de Sillo (acertei o nome?) Boccanera.

*******LIRA NETO NO CANAL LIVRE:
Não aguentei esperar, acordada, a entrevista de Lira Neto à Rede Bandeirantes, domingo passado. Afinal, foi ao ar meia-noite e meia. Um amigo, o crítico Antonio Carlos Egyto, me avisou que haveria reprise na segunda-feira, no civilizado horário das 22h00, na Band News. Eu, que gostara muito do Roda Viva (TV Cultura) com Lira Neto — em pleno período presidencial-eleitoral (lembram em quem ele declarou voto???) — quando lançou GETULIO, gostei da passagem dele, agora, pelo Canal Livre (em torno do recém-lançado “Samba”, primeiro volume de trilogia sobre o centenário gênero musical brasileiro). O escritor é corajoso — magnífica sua declaração a respeito da polêmica das marchinhas, assino embaixo!! — e não faz média. Na bancada de entrevistadores (algo lamentável!!!!!) só havia machos (todos de roupas azuis ou cinzas!!, uma monotonia visual facilmente evitável). Bons entrevistadores (Jotabê Medeiros, do Blog Farofafá e da Carta Capital, Fernando Mitre e Fábio Panunzzio). Boas perguntas, respostas idem. Que — sugiro, na véspera do Dia Internacional da Mulher — da próxima vez chamem entrevistadoras do sexo feminino para a bancada (desta vez, até os dois convidados especiais a mandar perguntas ou comentários por vídeo eram varões: Haroldo Costa e Luiz Ayrão)….. P.S. — O reconhecimento de Luiz Antônio Simas chegou para valer: foi elogiado por Lira Neto pelo menos duas vezes. Eu, depois de ler a excelente entrevista dele (à coluna de Sônia Racy, no Estadão, estou louca para conhecer o livro dele sobre a Portela, sem falar no Dicionário “civilizatório” do Samba, parceria com o também craque Nei Lopes)….

Anúncios