*********DIEGO LUNA NO “JANELAS ABERTAS”, NO CANAL BRASIL, HOJE, DOMINGO, 21h30. Lhes recomendo que assistam, hoje à noite, no Canal Brasil, ao ótimo programa JANELAS ABERTAS, que vem entrevistando grandes nomes do cinema mundial, com destaque especial para realizadores ou atores ibero-americanos. Os diretores são o brasileiro FELIPE NEPOMUCENO e o argentino PABLO GIORGELLI, que dirigiu o belo filme LAS ACACIAS. NA noite de hoje, o entrevistado é o mexicano DIEGO LUNA, ator, diretor e produtor, parceiro, linha “irmão, amigo, camarada” de GAEL GARCÍA BERNAL, com ele na fotos. Na primeira, os dois badalam na festa do Globo de Ouro. Na segunda, adolescentes, curtem um road movie de Alfonso Cuáron, com a guapa MARIBEL VERDU no delicioso E TU MAMAM TAMBIÉN, filme que os projetou FORA DAS FRONTEIRAS mexicanas. Os dois seguem muito amigos e parceiros em projetos como a produtora Canana e a AMBULANTE A.C, ONG destinada à difusão do cinema documental em locais onde o formato não costuma ser exibido. além de ator (Frida, RUDO Y CURSI, Milk, Elysium e no recente Rogue One: A Star Wars Story), ele é diretor de seis longas. Começou com um documentário sobre o boxeador J.C.CHÁVEZ (que assisti no FEST AMERICA LATINA, no Memorial, em SP) e prosseguiu pela ficção com ABEL, sendo o mais recente, Mr. PIG, cOm Danny Glover. Como ator, ele está cotado para protagonizar novo remake de SCARFACE, com roteiro, especula-se dos Irmãos COEN. O tipo físico de DIEGO LUNA nunca me pareceu, digamos, AZTECA. Agora entendi porque: ele é filho de mãe inglesa, a figurinista Fiona Alexander, que morreu num acidente de carro quando ele tinha dois anos. O pai, sim, é mexicano (o cenógrafo Alejandro Luna). Ano passado, assistindo à entrega de prêmios em Cannes, pela TV, vi DIEGO LUNA em grande evidência. A reportagem mostrava o juri do segmento UN CERTAIN REGARD, do qual ele fazia parte, e ele falava com inteligência de seu trabalho. E a reportagem seguia dando espaço nobre ao filme DIVINES, que agora concorre ao CESAR (dia 24 próximo). Neste exato momento, DIEGO LUNA integra o juri principal de Berlim. E deu novas e INTELIGENTES declarações na coletiva da comissão que premiará os melhores filmes com o URSO DE OURO. Disse que, além do trabalho de jurado, estava ali para aprender a derrubar MUROS. Afinal, seu belicoso e espalhafatoso vizinho, Trump, quer construir muro de 3 mil km para separar o MEXICO dos EUA. A frase literal de LUNA: “estou aqui para investigar como derrubar muros”. *****E LEIAM, HOJE, NO ESTADAO, COLUNA DE SERGIO AUGUSTO SOBRE O MÉXICO, OS MURALISTAS RIVERA Y OROZCO E “Trump, o muralhista”. Atenção para o “h”. *** No mesmo ESTADAO, leiam matéria de Leonêncio Nossa sobre os municípios mineiros que ambientaram GRANDE SERTÃO, VEREDAS, no ano 50 da morte de GUIMARÃES ROSA. ***** NESTA QUARTA-FEIRA, NO CANAL BRASIL: estreia a sétima temporada de SANGUE LATINO, programa de Eric Nepomuceno, dirigido por seu filho Felipe (o mesmo de JANELAS ABERTAS). A entrevistada será Fernanda Montenegro. Depois virão Gregório Duvivier e muitos outros.****E FIQUEM ATENTOS À ESTREIA, EM BREVE, DO BELO E VIGOROSO “Era o Hotel Cambridge”, novo longa-metragem de ELIANE “Narradores de Javé” CAFFÉ.

Enviado do Ipad de Rosário

Anúncios