+ BILHETERIAS BRASILEIRAS + PREMIO GOYA NESTE SABADO
+ BOLETIM FILME B + GUEL ARRAS + REVISTA DE CINEMA 133
+ LIVRO DE VENICIO A. DE LIMA (PAULO FREIRE)
+ ESCUELA DE CINE Y TV – GOVERNO BRASILEIRO
encerra parceria com a Escola de Cinema e TV de Cuba (EICTV)
+ NO CANAL BRASIL: LUA DE SAGITARIO, DE REALIZADORA CATARINENSE,
E GORILA, DE JOSÉ EDUARDO BELMONTE….

Blog: www.almanakito.wordpress.com

****ALMANAKITO
TERÇA-FEIRA (31-01-2017)

+ BILHETERIAS BRASILEIRAS:

“Minha Mãe é Uma Peça 2”, a caminho dos 9 milhões de ingressos, torna-se a quarta maior bilheteria brasileira. Paulo Gustavo anuncia que vai transformar seu projeto “São Francisco de Assis” em uma comédia contemporânea.

+ PREMIO GOYA
NESTE SABADO, DIA
4 DE FEVEREIRO:
será que alguma TV a cabo
vai transmitir a cerimônia????

+ A BAILARINA: BELA ANIMAÇÃO FRANCO-CANADENSE (assisti, ontem, no Cinemark Praiamar, em Santos, e as crianças (e eu) adoraram/adoramos. Versão 3D. Um lançamento da Paris Filmes. Alguém sabe me dizer por
que este filme não foi lembrado como finalista ao
Oscar em sua categoria???)

+ MEC BRASIL RETIRA APOIO PARA BOLSAS DE
ESTUDO DE BRASILEIROS NA ESCUELA DE CINE Y
TV DE CUBA (EICTV)

+ REVISTA DE CINEMA 133:
NA CAPA, O ATOR JULIO ANDRADE
(com resenha do livro “100 MELHORES FILMES BRASILEIROS”, editado pela Abraccine-Editora Letramento e Canal Brasil).

+ OSCAR 2017: FORÇA BLACK TAMBÉM NA
CATEGORIA DOCUMENTÁRIO, COM
FILME DE RAOUL PECK

+ FOGO NO MAR, DE GIANFRANCO ROSI (Itália), finalista
ao Oscar de melhor documentário: já em DVD, no Brasil
+ BILHETERIAS
BRASILEIRAS:

Fonte: Boletim Filme B (Ano XX, Edição 1002)
Editor: Paulo Sérgio Almeida
Data: 31-01-2017
Assinaturas: filmeb

CONTINUAÇÕES:

Minha Mãe é Uma Peça 2……………………………8.322.524
O Vendedor de Sonhos………………………………….683.457
Eu Fico Loko………………………………………………….546.763
Aquarius………………………………………………………..359.510
Os Penetras 2………………………………………………….335.946
Os Saltimbancos Trapalhões 2………………………….82.298
BR 716………………………………………………………………..9.790

ESTRANGEIROS:

Eu Daniel Blake……………………………………………….73.777 (Inglaterra)
Elle…………………………………………………………………..49.168 (França) – Com Huppert
Neruda……………………………………………………………..41.756 (Chile)
A Criada……………………………………………………………30.860 (Coréia do Sul)
O Apartamento………………………………………………….28.936 (Irã)
O Que Está Por Vir……………………………………………..20.778 (França), com Huppert
Sete Minutos Depois da Meia-Noite……………………17.985 (Espanha-EUA)
Belos Sonhos………………………………………………………..13.493 (Itália)
Estados Unidos do Amor……………………………………….6.606 (Polônia)
Assim Que Abro Meus Olhos………………………………….3.750 (Tunísia)
A Última Lição…………………………………………………………3.183 (França)
Nas Estradas do Nepal……………………………………………..2.631 (?)
Paraíso……………………………………………………………………….2.371 (Rússia – estreia)
A Morte de Luís XIV…………………………………………………..1.119 (Espanha-França- estreia)
O Ídolo…………………………………………………………………………..834 (Palestina – estreia)

OBSERVAÇÕES:
A comédia “Minha Mãe é Uma Peça 2”,protagonizada por Paulo
Gustavo, chegou, em sua sexta semana em cartaz, a 8.322.524, tornando-se
a quarta maior bilheteria brasileira desde que os dados passaram a ser
computados pelos extintos Embrafilme e Concine.

1. Dez Mandamentos…………………………….11,2 milhões
2. Tropa de Elite 2………………………………….11,1 milhões
3. Dona Flor e Seus Dois Maridos…………..10,7 milhões
4. “Minha Mãe é Uma Peça 2″…………………..8,3 milhões (*) — Este
filme segue em cartaz em 573 salas, e mantém média de
539 espectadores/sala. Caiu da quinta
para a sexta semana, apenas 37% (outros filmes brasileiros tiveram
quedas acima de 60%. ******* “Os Saltimbancos Trapalhões 2” teve queda de 71% e bilheteria (inacreditável para quem reinava nos anos 1970 e 1980) de apenas 83 mil espectadores.
*****ENTRE OS ESTRANGEIROS (no circuito de arte) o fenômeno é
EU, DANIEL BLAKE, de Ken Loach, que pode chegar a 100 mil espectadores, se brincar, bilheteria maior que a de TERRA E LIBERDADE (creio que o maior sucesso do britânico no Brasil). Infelizmente, não tenho os dados dos poucos filmes do cineasta lançados no Brasil. Creio que o último, aquele do uísque escocês (A Parte dos Anjos), não deve ter passado muito dos 10 mil (e era uma comédia). Destaque também para os dois filmes protagonizados por Isabelle Huppert: “Elle” e “O Que Está Por Vir” (L’Avenir), ambos muito bem colocados nos Prêmios CESAR, que serão entregues dia 25 de fevereiro, um sábado. Um dia antes do Oscar.

PREMIOS GOYA (ESPANHA)
Neste sábado, cinco de fevereiro, serão entregues os prêmios GOYA,
em Madri. Na competição, ao menos dois filmes conhecidos do público
brasileiro, pois aqui foram lançados:
JULIETA, de Almodóvar, e
Sete Minutos Depois da Meia-Noite, este de J.A, Bayona.
Me disseram que este filme lembrava O LABIRINTO DO FAUNO, de
Guillermo del Toro. Não chega a tanto, mas trata-se de um longa-metragem que lhes
recomendo. O nome original é “Un Monstruo Viene a Verme”/ “The Monster Calls”.
Os outros três concorrentes
a melhor filme são:
. El Hombre de mil Caras, de Alberto Rodriguez
. Tarde para la Ira, de Raul Arévalo
. Que Diós nos Perdone, de Rodrigo Sorogoyen

***A CRIANÇA DIVORCIADA:
Nunca tinha visto um filme iemenita. Graças à Esfera Filmes, comandada por Ana Luiza Beraba, vi um vímeo de “NAJOOM, 10 ANOS, DIVORCIADA”, longa de uma realizadora de quem (ainda) não aprendi o nome. Se eu fosse Ana Luiza, trocava o nome do filme para A CRIANÇA DIVORCIADA (já que ninguém, no Brasil, conhece o livro que deu origem ao filme. E Najoom nos soa muito estranho). Fica a sugestão.

********ARTIGO DE MANOEL RANGEL
O diretor-presidente da Ancine (até maio) publica, hoje (31-01-17), na página três da Folha de S. Paulo, artigo sobre o desempenho do audiovisual brasileiro nas duas últimas décadas (governos FHC, Lula, Dilma). E no BOLETIM FILME B, Paulo Sérgio Almeida polemiza com os que questionam a legitimidade da bilheteria de “Dez Mandamentos”… Aliás, o diretor do Filme B, publicação que chega a seu vigésimo ano com 1001 edições, deu uma boa cutucada (semana passada) em O Globo, que dias atrás, FESTEJOU (sim, festejou!!!) a saída de dois integrantes da Ancine (uma agora em fevereiro, e Manoel Rangel em maio)…

+ GUEL “ESBANGUELADO” NO ESPELHO:
Assisti, ontem à noite, no Canal Brasil, a uma rara entrevista de Guel Arraes (ele não é de falar muito). Miguel Arraes de Alencar Filho, que carrega (claro) o nome do pai, conversou com Lázaro Ramos, comandante do programa ESPELHO, no Canal 150. Guel não conta vantagem, tem perfil baixo, não anuncia ibopes altos (nem o impressionante desempenho da microssérie “Auto da Compadecida”: 36 pontos)……. E — olhar feminino!!! — achei que ele estava “esbanguelado”. Não sei se essa palavra existe. Mas na minha infância, em Coromandel-MG, toda vez que minha mãe queria dizer que estávamos com algum problema na roupa, ela lamentava (tinha oito filhos!!): ai, meu Deus, como meus filhos andam “esbanguelados”. E um dos sinôminos de “esbanguelamento” para ela, era andar com a camisa (do uniforme escolar, o que fosse!!!!) abotoada errado. Pois tenho para mim que Guel abotoou a camisa (branca) errado. Uma parte sobrava na parte baixa e …perto do pescoço um lado estava desproporcional. Se o modelo era assim, me recolho (risos)…. Mas, brincadeiras à parte, o papo foi de Guel & Lázaro foi delicioso. Guel falou dos cinco ou seis anos de trabalho com Jean Rouch, na França e em Moçambique (e mais uma vez, não falou em Godard), abordou (timidamente) o momento político, lembrou a “trupe teatral” que o ajudou em projetos como “TV Pirata”, fez grandes elogios ao teledramaturgo Sílvio de Abreu (“que me fez olhar com carinho para a a chanchada brasileira”), comentou sua parceria com Jorge Furtado, falou da filha atriz e dos trabalhos na TV e no cinema….

+ VITRINE-PETROBRAS:
distribuidora vai apresentar sua cartela de lançamentos,
que inclui MARTÍRIO, A CIDADE ONDE ENVELHEÇO e
muitos outros longas-metragens brasileiros. Nesta
sexta-feira, em São Paulo.

+ “TOC”, DE PAULINHO
CARUSO & THEO WERNECK:
Não vi (ainda) a estreia de Caruso no longa-metragem (assisti
ao trailer do filme e não me motivei muito. Mas revi “ALPHAVILLE 2007 d.C.”, curta dele que venceu Gramado e continua sendo uma deliciosa “ficção científica do Terceiro Mundo”, inteligente, provocadora, antenada…)

*****ALGUNS POR QUES:
+ POR QUE ALGUNS CINEASTAS
CAEM EM DESGRAÇA NA MÍDIA?? Ando pensando nisto
em relação a dois realizadores: o norte-americano Michael
Moore (A Invasão Americana, Trumpilândia) e o francês Jean-Jacques Annaud.

+ POR QUE ALGUNS CINEASTAS só sabem
(ou querem) trabalhar com atores famosos,
até em papéis mínimos?? Tenho pensado nisto….

+ POR QUE A MÍDIA brasileira anda tão superficial? Por
que não suíta assuntos importantes??? Dia destes, li, na
Folha de S. Paulo, matéria sobre o balneário Camboriú, em Santa Catarina. O tema da matéria era ótimo, dos mais oportunos: a especulação imobiliária está construindo prédios altíssimos, que trarão sombra a determinada praia uma ou duas horas mais cedo. Feita a constatação, a reportagem não foi ouvir o prefeito. Valia perguntar: o senhor não acha que está matando a galinha dos ovos de ouro de seu município-balneário????? Em João Pessoa, na PB, só se pode construir prédio alto um quarteirão depois da praia. Por mais alto que o prédio seja, não fará sombra e os moradores e turistas desfrutarão do sol até ele se por.

****OSCAR 2017
FORÇA BLACK TAMBÉM
NA CATEGORIA DOCUMENTÁRIO,
O LONGA DO HAITIANO RAOUL PECK

***************OSCAR 2017 — FALTOU DESTACAR

A PRESENÇA BLACK NOS DOCUMENTÁRIOS:

além de “A DECIMA TERCEIRA EMENDA”, DA MESMA

DIRETORA DE “SELMA”, temos

o haitiano-francês RAOUL PECK, que concorre com

EU NAO SOU UM NEGRO, sobre o escritor,

dramaturgo e ativista negro JAMES BALDWIN.

Ainda não vi este filme, que será lançado em breve

pela Imovisión de Bernardiní, mas falarei muito dele!!!!

ALIAS, O NOVISSIMO FILME DE PECK,

que realizou dois longas sobre LUMUMBA, um

documentário e uma ficção, esta com ALEX DESCAS, ator-fetiche

de Claire Denis, chama-se O JOVEM MARX.

**** EU NAO SOU UM NEGRO é uma

co-producao entre França,

EUA, Bélgica e Suíça.

*******UMA PERGUNTA: o diretor do filme de sete horas sobre O.J. SIMPSON É BLACK???

ESCUELA DE CINE — GOVERNO BRASILEIRO encerra parceria com a Escola de Cinema e TV de Cuba (EICTV)

FIM DA PARCERIA COM
A ESCUELA DE CINE DE CUBA

Governo encerra parceria com a
Escola de Cinema e TV de Cuba

Publicado originalmente em: http://www.assistebrasil.com.br/2017/01/

Sem previsão de retorno, o governo brasileiro encerrou em 2017 a parceria com a Escola de Cinema e TV de Cuba (EICTV), reconhecida como uma das mais importantes escolas de formação audiovisual do mundo. A informação está disponível no site da EICTV Brasil. Por meio da Secretaria do Audiovisual, o Ministério da Cultura (MinC) oferecia bolsas que cobriam até 75% do valor total das matrículas.

Com duração de três anos, o curso completo custa 15 mil euros (5 mil euros por ano). A parceria do governo brasileiro custeava o valor integral das anuidades dos últimos dois anos e parte do primeiro. Os selecionados também tinham direito à hospedagem, alimentação, transporte entre Havana e San Antonio de los Baños, assistência médica e material para produção de cinema e vídeo.

A roteirista Manuela Dias, das minisséries Justiça e Ligações Perigosas, estudou na EICTV. Ela foi aluna da última turma em que o escritor Gabriel García Márquez, um dos fundadores da escola, ministrou aulas de roteiro. “Passei um mês tendo aulas diárias com ele em Cuba, numa turma de nove pessoas, cada uma de um país. Foi uma experiência transformadora e muito rica”, disse em entrevista ao Diário de Pernambuco.

Sobre a EICTV

Inaugurada em 1986 por iniciativa da Fundação do Novo Cinema Latino-americano (FNCL), a Escola de Cinema e TV de Cuba teve entre seus fundadores, além de Gabriel García Márquez, o poeta e realizador argentino Fernando Birri e o pesquisador e cineasta cubano Julio García Espinosa. A EICTV fica localizada em San Antonio de los Baños e já formou profissionais de mais de 50 países, principalmente da América Latina.

As inscrições para o processo seletivo do triênio 2017/2020 seguem até o dia 3 de março no site da EICTV Brasil. O participante poderá optar pelos cursos de Direção, Produção, Roteiro, Fotografia, Som, Documentário, Edição e TV e Novas Mídias na EICTV. As provas acontecem nos dias 17 e 18 de março, nas cidades de Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Florianópolis (SC), Belém (PA) e Brasília (DF).

O coordenador dos exames de seleção da EICTV no Brasil, Guigo Pádua, informou que aguarda o contato para obter o posicionamento oficial da Secretaria do Audiovisual (SAV). “No fim do Governo Dilma, estavam estudando uma forma de continuar com este aporte. Com as mudanças ocorridas, esta discussão foi interrompida”, informou por e-mail ao Assiste Brasil. O Assiste Brasil entrou em contato com o Ministério da Cultura e com a Secretaria do Audiovisual, mas até o momento não obteve retorno.

Publicado originalmente em: http://www.assistebrasil.com.br/2017/01/governo-encerra-parceria-com-a-escola-de-cinema-e-tv-de-cuba/

VÍDEO INSTITUCIONAL DA ESCOLA:

Anúncios