BILHETERIAS
BRASILEIRAS

ESTREIA:

Eu Fico Loko…………………………………..218.047

CONTINUAÇÕES

Minha Mãe É Uma Peça 2……………….6.580.047 (*)
O Vendedor de Sonhos…………………….678.230
ELIS………………………………………………555.382
Masha e o Urso……………………………….347.769
AQUARIUS………………………………………335.716
BR716………………………………………………..9.483

ESTRANGEIROS

Eu, Daniel Blake……………………………40.006 (Inglaterra)
O Apartamento…………………………….20.945 (Irã)
NERUDA………………………………………43.829 (Chile)
O Que Está por Vir…………………………17.890 (França)
Sete Minutos depois da Meia-Noite…..14.595 (Espanha-EUA)
A Criada………………………………………11.921 (Coreia do Sul)
VIVA……………………………………………..3.981 (Irlanda-Cuba)

(*) VER MATERIA DO ZANIN, hoje, no Estadão

***** NA FOTO ACIMA,
feita no FEST BRASILIA 2015 (creio),
o ator MOUNIR MAASRI com o
saudoso Márcio Curi, de camisa listrada, e com
Renato Barbieri, no Fest Brasília. MOUNIR, que hoje está
Na página dois de O Globo, o ator e preparador de elenco (libanês)
DE DOIS IRMÀOS, fala de sua carreira no Líbano, EUA e Brasil.

******ALGUÉM SABE ME DIZER SE SAIU A LISTA
DOS FINALISTAS AO PREMIO CESAR????

*****ALGUEM SABE ME DIZER SE O IBOPE DE “DOIS
IRMÃOS” CONTINUA ACIMA DE 20 PONTOS?????

**** DEPOIS, NO MEU
COMPUTADOR DE MESA, COMENTO O
TEXTO DO PAULO SERGIO
ALMEIDA, QUE SEGUE ABAIXO.
E REGISTRO QUE SAIU O MARKET SHARE
BRASILEIRO em 2016: 16,4%

***BILHETERIAS, FILME B NUMERO 1000
VINTE ANOS DE ATIVIDADE AUDIOVISUAL

por paulo sergio almeida

Rô,
Nesta terça (17-01-2017),

o Boletim Filme B estará dando

os números finais do mercado em 2016.
Por favor vejam os números sem rancor, sem ideologia

estética ou política, vejam os números sem torturá-los.
Pensem os números em dólares e confiram se dá

saudade dos tempos da Embrafilme !
O cinema nacional faturou em 2016 cerca de 360 milhões

de reais, ou seja 100 milhões de dólares!
É pouco? É comparável?
Raciocinar só em termos de espectadores é antigo, é

saudosista. Espectadores são pessoas, também muito

importante, mas não pagam as contas, não fazem os produtores

fazerem outros filmes.
Dinheiro é poder, faz o mercado melhorar, é indústria, que faz

o mercado produzir mais filmes.
Até pouco tempo atrás o cinema estava morto

e o cinema brasileiro sepultado.
Hoje o Boletim Filme B completa 1.000 edições vivendo

esta realidade e a análise dos números, semanalmente, há 20 anos!
Esperamos ter contribuído para esclarecimentos e balizamentos

do mercado. Sempre em busca da verdade e não da

pós-verdade com cheiro de anos 70.

Filme B | Box Office Brasil Paulo Sérgio / Diretor
paulosergio

Filme B
(21) 2240-8439
www.filmeb.com.br

Twitterspacer.gif Facebookspacer.gif

BILHETERIAS + FESTIVAIS + NAVARRO + DARÍN + BRASILIA,

JORNALISMO SOCIAL, JORNALISMO POLICIAL, ERROL GARNER, BADEN POWELL,

+ BILHETERIAS + FESTIVAIS + NAVARRO + DARÍN

+ BRASILIA, JORNALISMO SOCIAL, JORNALISMO POLICIAL,

+ O EXTASE MUSICAL DE ERROL GARNER, QUE PODEMOS
VER EM “A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM” É SEMELHANTE AO TRANSE
DE BADEN POWELL, EM SARAVAH, DE PIERRE BAROUH… DOIS MOMENTOS SUBLIMES:
<image1.jpeg>

+ SEGUNDA-FEIRA É DIA DE CHORO,

COM EDUARDO GUDIN E AMIGOS, NO

BAR DO ALEMAO, EM SAMPA

+’BILHETERIAS BRASILEIRAS (NESTA TERÇA-FEIRA)

+ NESTA SEMANA, MANOEL RANGEL, DA ANCINE, ANUNCIA OS DADOS DE BALANÇO DO CINEMA BRASILEIRO (+ DE 30 MILHÕES DE INGRESSOS)

+ LIVRO DA ABRACCINE + FESTIVAIS + NAVARRO + RICARDO DARÍN + REVISTA DE CINEMA NUMERO

133 SERÁ LANÇADA NA XX MOSTRA DE

CINEMA DE TIRADENTES

Rô Caetano
Maria do Rosário Caetano
Blog: www.almanakito.wordpress.com

*******”100 MELHORES
FILMES BRASILEIROS”:
Livro, fruto de

parceria da Abraccine, Editora
Letramento e Canal Brasil,

será lançado
e debatido no Cine

Dragão do Mar, em Fortaleza.
Detalhes no final desta remessa.

+ “ABAIXO A GRAVIDADE”:
O NOVO FILME DE EDGARD NAVARRO:
Que festival exibirá, em primeira mão, o novo filme de Edgard “Superoutro” Navarro (ver sequência de três fotos no Blog Almanakito). Que festival o montador (de Cidade de Deus) Daniel Rezende escolherá para mostrar “Bingo, o Rei das Manhãs”, sua estreia na direção de longa-metragem? O filme está programado para lançamento em agosto. E Selton Mello, mostrará “O Filme da Minha Vida” em algum Festival? ou vai direto para o circuito exibidor? A que festival brasileiro irão os sete ou oito longas-metragens selecionados por festivais internacionais deste começo de ano, incluindo “Joaquim”, de Marcelo “Cinema, Aspirinas e Urubus” Gomes????? “Martírio”, de Vincent Carelli, vencedor da Mostra Latina em Mar del Plata, competirrá em mais algum festival brasileiro? (Em tese, para os que não exigem ineditismo, ele está qualificado, já que não venceu o único festival, ao que eu saiba, em que competiu: o de Brasília).

+ HOJE, O ATOR RICARDO
DARÍN FAZ 60 ANOS

+ NESTA SEMANA,
MANOEL RANGEL,
DA ANCINE,
ANUNCIA OS DADOS DE
BALANÇO DO CINEMA BRASILEIRO
(+ DE 30 MILHÕES DE INGRESSOS):
Hoje, na coluna de Ancelmo Gois, em O Globo, o ex-presidente da Embrafilme, o cineasta Roberto Farias, lembra que este dado (30
milhões de ingressos para filmes brasileiros é record da Retomada e pós-Retomada,
mas não da produção nacional em sua trajetória histórica. Nos anos áureos da Embrafilme, meados da década de 1970, o país chegou a vender, segundo Farias, 70 milhões (até 80 ou 90 milhões) de ingressos. Isto, num tempo em que eram
vendidos, em média, 250 ou 300 milhões de ingressos, não???
Em 2003, o Brasil vendeu 23 milhões de ingressos com seus filmes e ocupou mais de 21% de seu mercado interno. Agora, resta-nos conhecer (saber):
com 30,1 milhões de ingressos (num total de 185 milhões de tíquetes vendidos para filmes estrangeiros e brasileiros) qual é nossa taxa de market share???????.

+ LAERTE + GREGORIO DUVIVIER + BRASILIA, JORNALISMO SOCIAL, JORNALISMO POLICIAL

+ A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM, ERROL GARNER, BADEN POWELL + AXÉ (CARTA CAPITAL E ESTADÃO)

*********BRASILIA, JORNALISMO
SOCIAL, JORNALISMO POLICIAL

*********A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM,
ERROL GARNER, BADEN POWELL, MILTON HATOUM,

*******FOTOS NA CAPA DOS JORNAIS, A MÃE QUE MATOU O FILHO GAY (EM CRAVINHOS), A MÃE QUE GESTOU UM FILHO PARA FILHO E GENRO GAYS….

**LAERTE, DUVIVIER,
CARMINHO, ZAMBUJO, AGUALUSA,

****DOIS IRMÃOS, ACEROLA E LARANJINHA

********ESPELHO DE LAZARO RAMOS,
TERRY GILLIAM + AXÉ NA IMPRENSA

********GRANDE LAERTE. SEU QUADRÃO, na página de Quadrinhos,
HOJE (16-01-17), NA FOLHA, FORMA DUPLA PERFEITA COM A INTELIGENTÍSSIMA CRÔNICA DE GREGÓRIO DUVIVIER.

******E, NO GLOBO, JOSÉ EDUARDO AGUALUSA NOS PRESENTEIA COM SABOROSA AVALIAÇÃO DOS CDs QUE CARMINHO DEDICOU A TOM
JOBIM E ZAMBUJO A CHICO BUARQUE.

***HOJE TEM MAIS UM CAPÍTULO DE DOIS IRMÃOS… AMANHÃ
COMEÇA A SERIE DE ACEROLA E LARANJINHA, AGORA PAIS DE FAMILIA……DIA 23 (ATÉ DIA 25) COMECA O RIO SANTOS BOSSA FEST.

******E DIA NOVE DE FEVEREIRO, NO CINE BELAS ARTES, MOSTRA
RETROSPECTIVA NELSON PEREIRA DOS SANTOS, SAO PAULO.

*** HOJE, NO CANAL
BRASIL, TEM “ESPELHO”,
DE LAZARO RAMOS, 21h30. NO MESMO CANAL, ASSISTI,
ONTEM, AO SEGUNDO PROGRAMA DA SÉRIE “JANELAS ABERTAS”, CONVERSAS COM DIRETORES DE CINEMA. DEPOIS DO MEXICANO ALFONSO CUÁRON, CHEGOU A VEZ DE TERRY GILLIAM, DO MONTY PHYTON. MUITO ARTICULADO, ORIGINAL EM SUAS COLOCAÇÕES, MESMO NAS MAIS DOIDONAS, ELE PRENDE NOSSA ATENÇÃO (SE HOUVER REPRISE, NAO PERCAM). O PROGRAMA É COMANDADO PELO BRASILEIRO FELIPE NEPOMUCENO E PELO ARGENTINO PABLO GIRARDELLI (DIRETOR DE LAS ACACIAS, QUE O CANAL BRASIL EXIBE NO ÚLTIMO DOMINGO DESTE MÊS).

*** E LHES RECOMENDO A LEITURA
DE MATÉRIAS SOBRE O DOCUMENTÁRIO “AXÉ”, NO
ESTADÃO (JULIO MARIA, LAURO LISBOA E ZANIN) E
NA CARTA CAPITAL (PEDRO ALEXANDRE
SANCHEZ): ÓTIMOS TEXTOS.

*********BRASILIA, JORNALISMO SOCIAL, JORNALISMO POLICIAL, A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM, ERROL GARNER, BADEN POWELL, MILTON HATOUM, FOTOS NA CAPA DOS JORNAIS, A MÃE QUE MATOU O FILHO GAY, A MAE QUE GESTOU UM FILHO PARA FILHO E GENRO GAYS….

*****MAIS UM TEXTO SOBRE O TERRÍVEL E EXECRÁVEL PRECONCEITO CONTRA BRASILIA. AS PESSOAS CONFUNDEM
O PARLAMENTO — COMPOSTO EM MAIS DE 90% POR PARLAMENTARES ORIUNDOS DE TODOS OS ESTADOS DA FEDERAÇÃO — COM OS QUASE 3 MILHÕES DE BRASILIENSES. *** SÓ — CONFESSO — NAO ENTENDI O RACIOCÍNIO QUE EMBASA A PARTE FINAL DESTE TEXTO QUE SAIU, HOJE, 16-01-17, EM O GLOBO. BRASILIA Ē UM CONJUNTO QUE SOMA PLANO PILOTO E AS CIDADES SATÉLITES. AÍ VIVEM OS 3 MILHÕES DE BRASILIENSES, CIDADÃOS COMO TODOS OS BRASILEIROS. *** POR FALAR EM BRASILIA e NO COMPLEXO DE 3 MILHÕES DE HABITANTES QUE A COMPÕEM –EMBORA HOJE SEJA MODA QUERER SEPARAR O PLANO PILOTO DAS DEMAIS CiDADES-comunidades — sofrerá racionamento de água (só para as SATELITES!!).
*** NESTE MOMENTO EM QUE
O JORNALISMO SOCIAL ESTÁ EM BAIXA, ESTADÃO, ONTEM, DOMINGO, 15-01-17, PUBLICOU REPORTAGEM DE DUAS PAGINAS, DE LEITURA OBRIGATÓRIA: FALA SOBRE A VIOLÊNCIA EM SOL NASCENTE, UMA “INVASAO” de 95 mil habitantes, onde grilagem de terra está na base de muitas mortes. O BRASIL REAL, PROFUNDO, que, infelizmente, deixou de interessar aos comandos de redações.
QUASE A TOTALIDADE DO PAPEL E DA TINTA CONSUMIDOS, HOJE, PELOS JORNAIS E REVISTAS, SE DESTINA A INTRIGAS POLITICAS E CELEBRIDADES INTERNÉTICAS…. INFELIZMENTE!!! E A TRAGÉDIAS DAS PRISÕES SÓ ESTÁ GANHANDO RELEVO PORQUE OS MASSACRES SE MULTIPLICAM E SE TORNARAM POR DEMAIS VISÍVEIS.
*** IMPACTANTE A FOTO
DE CAPA, HOJE (16-01-177), NO ESTADÃO:
a dos presos nus, em processo de recontagem. Mais ousada, quem diria, que a da Folha. Aliás, ontem, Estadão me surpreendeu com imensa foto de capa e reportagem que eu esperaria, costumeiramente, ver na FOLHA: uma mãe quase sexagenária, que deu a luz a gêmeos, como barriga de aluguel, para que filho e genro tivessem filhos. *** E o caso da mãe que matou o filho gay, em CRAVINHOS, que vem tendo grande repercussão na internet, teve mais destaque no Estadao que na Folha, não????. Aliás, a EDITORIA DE POLICIA, ou algo similar, na FOLHA, parece jogada para escanteio. Cresci ouvindo familiares comentarem sobre Dana de Teffé, a Fera da Penha, etc… Crimes que abalavam o país eram motivo de muitas reportagens. Hoje, um crime como o que vitimou o embaixador da GRECIA, ganha alguns registros e nada mais. Fazem falta repórteres da linhagem de Pena Branca e Renato Lombardi, nao??? REGISTRO aqui — antes de ser mal compreendida — que sou 1000% contra jornalismo sensacionalista. E sou 1000% contra a pena de morte. E A FAVOR total de políticas de Direitos Humanos….. Se fosse religiosa, militaria na PASTORAL CARCERARIA da CNBB. Por que até agora ninguém ouviu DRAUZIO VARELLA sobre o sistema penitenciário brrasileiro???????? Ele é autor de ESTAÇÃO CARANDIRU!!!!

**** Num momento de imensa desilusão com o BRASIL —-
tomado por gente individualista e seduzida por ideias de direita, tão bem simbolizadas no assassino de Campinas (que matou a ex-mulher, filho e parentes) e no secretário da Juventude TEMERária, que queria “uma chacina por semana” — tive ante-ontem
e ontem dois momentos de ALENTO, de distanciamento de tantas dores:
primeiro vendo, na Netflix, o filme A INVASAO AMERICANA, DE MICHAEL MOORE, EXIBIDO EM BERLIM 2015 (nenhum distribuidor brasileiro comprou o filme?????). Depois, REVENDO o documentário A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM, de Nelson Pereira e Dora Jobim. ***** Já lhes contei e reconto agora:
quando Zanin e eu assistimos ao filme NELSON FREIRE,
de JOAO MOREIRA SALLES, MUITOS ANOS ATRÁS,
um fato nos chamou atenção: o lacônico pianista brasileiro
falava do prazer de ver a felicidade que imanava de ERROL GARNER,
músico norte-americano, quando este exercia seu ofício. Confesso:
eu não conhecia GARNER. Os dias e anos se passaram e lá fui eu (em 2013) para a
cabine e coletiva de imprensa de A MUSICA SEGUNDO TOM JOBIM. E
quem aparece no filme, exalando alegria no rosto, nos olhos, em
cada parte de seu corpo?? ERROL GARNER!!!
******Depois de me extasiar com o transe musical de BADEN POWELL,
em SARAVAH, de PIERRE BAROUH, foi maravilhoso ver a alegria que tanto contagia NELSON FREIRE no rosto de GARNER!!! NEM TUDO É ESCURIDÃO TEMERÁRIA NESTE NOSSO BRASIL!!! Embora o artigo de CESAR FELICIO, no Valor Econômico,
da última sexta-feira, 13 de janeiro, que elabora dados sobre o perfil da gente brasileira, nos estimule a cortar os pulsos. Bjs rô

**** LEIAM, EM ANEXO, O ARTIGO SOBRE O ARRAIGADO, E ABSURDO, PRECONCEITO CONTRA BRASILIA, TEMA DE MARAVILHOSA CRÔNICA
(NO ESTADÃO), POUCAS SEMANAS ATRÁS, DE MILTON HATOUM!!!

***Cinema do Dragão promove lançamento
do livro “Os 100 Melhores Filmes
Brasileiros” e debates com críticos cearenses

Atividades acontecem nos dias 17 e

18 como parte da Mostra Retrospectiva/Expectativa.

O Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco promove, nos dias 17 e 18 de janeiro, dois encontros para refletir sobre cinema, especialmente sobre a produção nacional. O primeiro acontece no dia 17, a partir das 16h, na Sala 1, com a exibição de “Eles Não Usam Black Tie” (1981). Após a sessão, será feito o lançamento oficial do livro “Os 100 Melhores Filmes Brasileiros”. O encontro continua às 19h30, com a exibição de “São Bernardo” (1972), seguida de debate com críticos locais que participaram da publicação: Ailton Monteiro, Daniel Herculano, Diego Benevides, Marcelo Ikeda e Pedro Martins, além do crítico pernambucano Luiz Joaquim.

O livro foi idealizado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) em parceria com o Canal Brasil e a editora Letramento. De confecção luxuosa, em formato de livro de arte e fartamente ilustrada, a publicação reúne textos dos mais importantes críticos e estudiosos de cinema em atividade sobre os filmes que mais se destacaram na história de nossa cinematografia, sem distinção de período, gênero ou metragem.

São 100 autores, entre associados da entidade criada em 2011 e convidados, que buscaram um viés ensaístico, resultando em análises que certamente se tornarão referência no estudo dos filmes selecionados, partindo de “Limite”, a mais antiga produção presente na lista, lançada em 1931. A escolha dos filmes teve como base uma votação promovida pela Abraccine em 2016.

Entre os que têm suas obras analisadas no livro estão Glauber Rocha, Leon Hirszman, Nelson Pereira dos Santos, Eduardo Coutinho, Paulo Cezar Saraceni, Rogério Sganzerla, Anselmo Duarte, Joaquim Pedro de Andrade, Luiz Sergio Person e Carlos Reichenbach, nomes das mais importantes fases do cinema nacional. Os 100 selecionados também incluem produções recentes, como “Cidade de Deus”, “Central do Brasil”, “Que Horas Ela Volta?”, “O Céu de Suely”, entre outros.

O segundo encontro está marcado para o dia 18 de janeiro, a partir das 15h, no auditório do Porto Iracema das Artes. O debate reunirá os críticos cearenses André Bloc, Arthur Gadelha e Camila Vieira, membros da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine), que farão uma retrospectiva sobre os filmes brasileiros que foram lançados no circuito comercial em 2016.

De acordo com Diego Benevides, presidente da Aceccine, será um momento para refletir e entender a identidade do cinema brasileiro contemporâneo. “O objetivo do encontro é falar sobre os caminhos do cinema nacional, a partir das obras mais recentes lançadas em circuito. Também será um momento de troca, onde o público poderá dialogar abertamente com os críticos sobre as tendências da produção brasileira”, afirma.

Serviço

Lançamento do livro “Os 100 Melhores Filmes Brasileiros”

Local: Cinema do Dragão- Fundação Joaquim Nabuco (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema)

Data: 17 de janeiro (terça-feira)

Horário: 16h (início da sessão do filme “Eles Não Usam Black Tie”) seguido de lançamento do livro; 19h30 (início da sessão do filme “São Bernardo”) seguido de debate com a Abraccine

Ingresso de cada sessão: R$14 (inteira) e R$7 (meia)

Debate Retrospectiva do Cinema Brasileiro em 2016

Local: Auditório do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)

Data: 18 de janeiro (quarta-feira)

Horário: a partir das 15h

Entrada gratuita.

Informações: (85) 3488.8628

Diego Benevides

Jornalista e Crítico de Cinema
(85) 99615.8505 / (85) 98878.1405
Presidente da Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine)
Membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine)

<FullSizeRender.jpg>

Anúncios