ARUANDA & PÉRICLES: 11º Fest Aruanda homenageia
Péricles Leal e define identidade visual

11º Fest Aruanda
homenageia Péricles Leal
e define identidade visual

Em João Pessoa, Paraíba,
de 8 a 14 de dezembro

O 11º Festival Aruanda do Audiovisual Brasileiro, que

acontece de 8 a 14 de dezembro, já tem um conceito definido

para este ano. A arte de todo o material de divulgação do evento será baseada no grande homenageado deste ano, o romancista, jornalista, autor de novelas de rádio e TV, Péricles Leal. O evento será realizado mais uma vez em parceria com o Manaíra Shopping e a Rede Cinépolis, que emprestará uma de suas maiores salas, a Macro XE, para abertura e encerramento do festival.

Nascido em 1930, em Alagoa Nova-PB, Péricles Leal foi o criador do primeiro herói juvenil brasileiro, o Falcão Negro, que levou para as histórias em quadrinhos. Segundo o ator Lima Duarte, Péricles Leal foi um dos homens mais importantes da televisão brasileira. O documentário, feito para o DOCTV, “Péricles Leal, o criador esquecido”, do professor João de Lima (UFPB), será exibido durante o festival.

Sobre a arte, o designer Audaci Junior explica melhor o conceito da sua criação. “O conceito da identidade visual do 11° Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro tem como base o maior personagem do homenageado desta edição, Falcão Negro, criação do paraibano Péricles Leal. Criado em 1954 e ambientado na época medieval, o personagem foi o primeiro herói de capa e espada que estrelou tanto na rádio, quanto na TV e nos quadrinhos. Com uma diagramação menos tradicional, cores fortes e arte que evocam os quadrinhos dos anos 1950, o conceito faz um link com as ‘telas’ e o storyboard do cinema”.

Anúncios