A “PRAGA” INVOLUNTÁRIA DO ESCRITOR JOÃO ANTONIO (UnB,
ANOS 70) + REPESCAGEM DA MOSTRA SP

***** A “PRAGA” DE JOÃO ANTONIO….

******SESSÕES LOTADAS NA
REPESCAGEM DA MOSTRA SP 40
Continuo dedicando boa parte da minha vida à
Mostra SP Ano 40, agora em fase de repescagem. Ontem (04-11-16), no CineSesc, revi “O Quarto Homem” (16h40), do holandês Paul Verhoeven, com sala praticamente cheia, e “Diário de Um Maquinista” (18h40), indicado ao Oscar pela Sérvia (com lotação esgotada). A sessão seguinte — “Elle”, filme francês de Verhoeven, com a grande Isabbelle Huppert — esgotou também sua lotação. Como já tínhamos visto este filme, Zanin e eu sentamos num boteco na Augusta, bem perto do CineSesc, para um lanche. Enquanto esperávamos, uma jovem entrou no local e nos perguntou:
por que não há mais ingresso? O que está acontecendo?? Atordoados, esboçamos uma justificativa: o filme anterior era o indicado da Sérvia ao Oscar e deve ter dado um bom boca-a-boca (a corrosiva comédia, temperada com humor negro de Milos Radovic, ainda tem no elenco a magnífica atriz-e-agora diretora de “A Boa Esposa” Mirjana Karanovic). Quanto ao sucesso de “Elle”, acrescentamos,
se deve ao furor que o filme vem causando e, claro, aos nomes de Huppert e Verhoeven… A moça foi embora desconsalada. E Zanin e eu tomamos o metrô e viemos para nossa “casa tomada”.
***A CASA TOMADA

Anúncios