GERARD DEPARDIEU EM NITEROI + PAUL LEDUC + CARTOLA + FEST IN-EDIT 2016 + CINE LATINO: A PERDA DO PRODUTOR ANGLO-ITALIANO DONNALD RANVAUD (1953-2016)

Rô Caetano
Maria do Rosário Caetano
Blog: www.almanakito.wordpress.com

+ ERRATA + DEPARDIEU EM NITEROI + BILHETERIAS BRASILEIRAS (FILME B): aguardemos + PAUL LEDUC + FEST IN-EDIT 2016 + CINE LATINO: A PERDA DO PRODUTOR ANGLO-ITALIANO DONNALD RANVAUD (1953-2016) + FESTIVAL DO INTERIOR (PERNAMBUCO) + NÓS DUAS DESCENDO A ESCADA (FABIANO DE SOUZA) + HOMENAGEM A TENDLER NO “FEST VISÕES PERIFÉRICAS”

***ERRATA.Rô:
Amigos, recebi, ontem (05-09-16), de amigo, nota-convite para que assistíssemos a uma entrevista da presidente deposta Dilma Roussef, na TV Brasil, 22h00. Sintonizei a emissora, assisti à divertida entrevista de Aderbal Freire Filho com a cantriz Clarice Falcão. E aguardei a entrevista. Meu amigo se confundira!!!!. No youtube, ele sintonizou entrevista da presidenta Dilma Roussef
à emissora, em junho último. E entendeu que tal entrevista, fruto de novíssimo encontro, seria exibida ontem. Não foi, pois não existe entrevista da TV Brasil-EBC com Dilma depois de sua deposição (por um golpe parlamentar). No horário foi exibido o programa que constava da grade: “Estação Plural”, com um ótimo terceto LGTB. Aliás, um programa da maior importância. ***Registro meu ERRO em ter divulgado a nota antes de checar a existência real de tal programa. E lhes recomendo, a título de complemento, a coluna de hoje de Zé Simão (FSP, 06-09-16), que reverbera cartaz carregado por criança na Manifestação dos 100 MIL, na Paulista, domingo: “Fora Michelzinho”. E também as colunas de Bernardo Mello Franco e Mário Sérgio Conti (ambas na Folha). E não deixem de ler as declarações do “presidente afastado” da EBC, hoje, na coluna de Mônica Bérgamo. E na mesma coluna, declaração do intelectual Massimo Canevacci, que devolveu a medalha da Ordem do Cruzeiro do Sul (por causa do golpe parlamentar que depôs Dilma).

+ PAUL LEDUC
(Ações Contra Trump)

+ GERARD DEPARDIEU
NO RIO E EM NITEROI
NO RESERVA CULTURAL – CAMINHO

DE NIEMEYER,
PARA LANÇAR O FILME
“O VALE DO AMOR”.
DIA 17 DE SETEMBRO.

+ FEST IN-EDIT 2016 E
O CINEMA MUSICAL

+ CINE LATINO — “BUENA ONDA”:
A PERDA DO PRODUTOR
ANGLO-ITALIANO DONNALD
RANVAUD (1953-2016)

+ CARTOLA EM MUSICAL
COM FLAVIO BAURAQUI:
Belo material no Estadão,

Caderno 2:
capa, seguindo dentro.

Zuza Homem de Mello
está atualizando o livro de

Arlei Pereira sobre
o criador de “As Rosas Não Falam”.

+ CANAL BRASIL MOSTRA
FILMES BRASILEIROS INEDITOS:
Hoje: “A Morte de J.P.Cuenca”
Longa-metragem de João Paulo Cenca

+ A PERDA DE DARCY
BURGER (1959-2016)

+ AQUARIUS E
AS BILHETERIAS

+ HOMENAGEM A TENDLER

O FESTIVAL VISÕES PERIFÉRICAS
(no Rio, até 12 de setembro)
homenageia quatro brasileiros:
os cineastas Silvio Tendler, Adélia Sampaio
e Sérgio Péo, e Filó Filho (o cantor? Ou cineasta???).
A décima edição do festival fluminense
acontece no Oi Futura Ipanema e
em diversos cineclubes. Depois, de 23 a 25
de setembro, no Centro Cultural Justiça Federal.
Mais informações:
www.imaginariodigital.org.br

**** A PERDA DE

DARCY BURGER (1959-2016)

Diretor e produtor de TV, ex-diretor de programação da Rede Manchete, com passagem pelo Globo, Record e Band. Dirigiu 90 DVDs musicais, entre eles, de artistas como Beth Carvalho. No Canal Brasil esteve nas equipes de “O Som do Vinil”, “100 Anos de Samba”, “MPBambas” e CLARA (1942-1983), sobre a trajetória musical de Clara Nunes. Leiam, no Portal G1, o texto que o crítico
Mauro Ferreira escreveu sobre ele.

*****Pedi a Paulo Mendonça, diretor do CANAL BRASIL e grande amigo de Darcy Burger, que me mandasse um depoimento sobre o ompanheiro de trabalho, que nos deixou dia 29 de agosto, aos 57 anos.

Rô, mesmo sabendo que depoimentos devem ser revestidos de caráter desejavelmente racional, é impossível falar sobre o Dadá sem uma carga muito grande de emoção. O cabra era mesmo especial.

“Darcy Burger, o Dadá tão querido por tanta gente, era sobretudo um homem de televisão, com a sensibilidade objetiva
e a praticidade que o veículo exige. Com Dadá não existia mau tempo: sabia se adequar como só os bons profissionais o sabem,
a orçamentos, prazos e recursos disponíveis para produção de inventivos e bem acabados programas. Foi assim que concebeu, produziu e dirigiu tantos programas, series e shows para o Canal Brasil. Sempre fazendo amigos e formando jovens talentos em suas equipes. Muitos dos profissionais hoje atuantes nos mais variados segmentos do mercado audiovisual foram moldados na forja de Dadá Burger. Temos muito que agradecer a ele e lamentar o enorme vazio profissional e pessoal que ele nos deixa.”
Beijo grande, Paulo Mendonça

+ HOJE, NO TESTE
DE AUDIÊNCIA
(Cine Caixa Belas Artes, 20h30):
o filme “Os Soldados da Borracha”, de Wolney Oliveira)

+ SEM CENSURA,
o programa de Leda Nagle,

na TV BRasil, hoje, 16h00,
entrevista Hamilton de Holanda,

o craque do choro…

***ACESSEM O
ENDEREÇO ABAIXO,

ENVIADO PELO CINEASTA
PAUL LEDUC, diretor de “Frida, Naturaleza Viva”
E veja as atividades de artistas e

intelectuais mexicanos contra
o candidato racista do partido republicano Donald Trump

YA SALIÓ…

….stop-basta.org

salud y saludos, leduc

***** A BUENA ONDA DE LUTO:

A PERDA DO PRODUTOR
ANGLO-ITALIANO
DONNALD RANVAUD (1953-2016)

**** O PRODUTOR DE CINEMA ANGLO-ITALIANO, DONNALD RANVAUD, tão amigo do Brasil e do cinema brasileiro e hispano-americano, partiu, aos 63 anos. Neste registro fotográfico, ele participa da noite de premiação do Festival do Novo Cinema Latino-Americano de Havana, em Cuba, 1996. Com ele na foto, o jornalista Luiz Zanin Oricchio, ao centro, e o gaúcho Esdras Rubin (de bigode). DONNALD RANVAUD estava em um festival em MONTREAL, no Canadá, no qual desempenhava a função de jurado. O produtor participou, ativamente, ao longo dos anos 2000 do projeto BUENA ONDA, que reuniu cineastas e produtores argentinos, mexicanos, brasileiros (Walter Salles, Fernando Meirelles, etc) em busca de parcerias para novas produção latino-americanas. O movimento nâo seguiu em frente, mas Donald Ranvaud preservou
o nome de sua produtora: a Buena Onda Filmes.

****CONVICTO, DE
WELLINGTON DARWIN
será exibido no In-Edit Brasil 2016.

*** “Nós Duas
Descendo a Escada”
Filme de Fabiano de Souza
estreia em SP e em Porto Alegre
nesta quinta-feira, dia 8de setembro

*** FESTIVAL DE CINEMA
DO INTERIOR (PERNAMBUCO):

*******FESTIVAL DE
CINEMA DO INTERIOR 2016

www.cinemanointerior.com.br

A equipe do projeto
e as comunidades interioranas
envolvidas mandam notícias
do Festival de Cinema no Interior – 2016.

Vejam estes links,

http://cinemanointerior.com.br/acontecendo-detalhe.php?idNoticia=9

https://www.facebook.com/cinemanointerior/photos/ms.c.eJw9jtsNADEIwzY6lXe6~;2InkcKn5WARKDgkxG6o6hfNB16KyOVLlvXc38fi7SOHEycFqMd2en~_GVeinr9b3vnv6Gm~;s2~;SN~;Zy9K3n~_c~;Z0fbQPDCe9~;1VrNK8~-.bps.a.587845078062196.1073741832.196739173839457/587848151395222/?type=3&theater

Outras imagens e informações
podem ser vistas no nosso site
www.cinemanointerior.com.br
e página do Facebook

+ Livro e DVD do filme “Na Quadrada das
Águas Perdidas”, com Matheus Nachtergaele.
Mais informações no site
http://www.naquadradadasaguasperdidas.com.br/#depoimentos

Marcos Carvalho
www.cinemanointerior.com.br

“CONVICTO”, DE WELLINGTON DARWIN NO
FEST IN-EDIT 2016 + TRAILER DESTE
LONGA-METRAGEM SOBRE O SARAU SUBURBANO

Convicto – Longa-metragem sobre o Sarau Suburbano, criado e conduzido por Alessandro Buzo. Um encontro semanal de poetas e músicos no centro de São Paulo com forte presença de artistas da periferia. Filme ensaio que mescla proposta de linguagem e resistência cultural, um retrato da vanguarda artística que surge à margem da grande mídia. Através da poesia e do RAP a periferia dá um recado de luta e se posiciona sobre temas como a repressão policial, a educação pública ou o resgate de direitos das mulheres e da população negra. Tudo isso ao som de contrabaixo e bateria da banda Listras Negras, em meio aos livros que cobrem as prateleiras da livraria Suburbano Convicto, a única no Brasil especializada em literatura marginal.

Data: 08/09 — Horario: 20:30
Local: Matilha Cultural (Rua Rego Freitas, 542)
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=YYcsn2vk7wU

Exibições alternativas — Data: 08/09 — Horario: 17:30
Local: Circuito SPCine

Data: 20/09 — Horário: 15:30
Local: SPCine Olido

***PIXINGUINHA POR
HAMILTON DE HOLANDA
EM DVD AO VIVO, COPRODUZIDO PELO CANAL BRASIL.
NO REPERTÓRIO: CARINHOSO, ROSA, LAMENTOS,
INGÊNUO E OUTRAS JOIAS “PIZINDÍNICAS”

+ BEPPE SEVERGNINI (ITALIA) + ANDRÉ SINGER
+ EDITORIAL LE MONDE + FEST GRAMADO 2016
+ ANTONIO NOBREGA E O SEMBA

**************NESTE MOMENTO em que Pixinguinha (1897-1973)
volta a ter sua escultura exposta em praça carioca (vide coluna de Ancelmo Gois) e ganha cinebiografia dirigida por Denise Saraceni, o CANAL BRASIL lança, em parceria com Brasilianos, Crioula e Sonora, o DVD “O MUNDO DE PIXINGUINHA AO VIVO”,
com o craque HAMILTON DE HOLANDA + André Mehmari, Omar Sosa, Richard Galliano e Stefano Bollani. Gravado ao vivo, o projeto, idealizado por LU ARAUJO, Marcos Portinari e Hamilton de Holanda, vem em edição bilingue (português e inglês), extras (com depoimentos gravados no Teatro Alfa, em São Paulo) e 20 composições, que vão de “Naquele Tempo” a CARINHOSO, passando por Lamentos, Ingênuo, Canção da Odalisca e a imensa, em todos os sentidos, ROSA. E também com um clássico de compositores-convidados: Asa Branca, de Gonzagão e Humberto Teixeira. E mais composições de Hamiltinho de Holanda
com seus convidados neste projeto. *********
FIQUEM DE BUTUCA ligada na programação do
CANAL BRASIL e em www.hamiltondeholanda.com

*** GRUPO TEATRAL CARIOCA
COMEMORA BRECHT, NO
ANO 60 DE SUA MORTE.

**** COLUNA DE ANDRE SINGER,
(27-08-16), NA FOLHA
DE S. PAULO + EDITORIAL
DO LE MONDE: AMBOS DE LEITURA
OBRIGATÓRIA (creio que foi traduzido pelo UOL)

******DE INACIO ARAUJO,
a propósito de filme
culinário protagonizado por
Meryll Streep: ainda não
imaginávamos que a
CULINARIA SE
TORNARIA…A ARTE
MAXIMA DO SECULO XXI (risos)

*******No Jornal do Comércio, do RS,
magnífica crítica de HELIO NASCIMENTO
ao filme FRANCOFONIA, de Alexander SOKUROV.

**********NO ESTADÃO
(26-08-16) tradução
de artigo de leitura obrigatória, escrito por
BEPPE SEVERGNINI, escrito para o NYTimes,
sobre a tragédia (o terremoto)
ocorrida a 100 km de ROMA. Título:
UM PAIS BELO, MAS DE EDIFÍCIOS
ANTIGOS EM TERRENO INSTÁVEL”.

*** NO mesmo
Estadão (26-08-16), belo artigo
(com humor temperado)
de ANTERO GRECO, sobre o time
tricolor paulistano
(o SAO PAULO, em má fase)
Título: ENRASCADAS TRICOLARES.

*******MAIS UMA
INDICAÇÃO DO
Estadão de sexta-feira (26-08-16): Matéria
sobre o espetáculo SEMBA,
de Antonio NOBREGA.
Quero saber o que
NEI LOPES achou do texto e das ideias
do dançarino, instrumentista
e cantor pernambucano.

******NA FOLHA, excelente coluna
de FERNANDA TORRES (26-08-16)

Anúncios