************FEST GRAMADO 2016 — ANO 44 — Na noite de premiação do GAUCHÃO, Palácio dos Festivais ecoa gritos do Audiovisual rio-grandense: Fora Temer. Em dois dos cartazes, mostrados pelos premiados, frases bem humoradas: O BRASIL NÃO É DOS GOLPISTAS e MICHEL + TELÓ – TEMER. Em outros dois: A HISTORIA NÃO PERDOA OS GOLPISTAS e QUERO DEMOCRACIA. Depois da foto, veja lista completa dos premiados:

OS PREMIADOS:

* LIPI, VOVÔ E O MONSTRO — Melhor filme (deliciosa e criativa animação feita em oficina com crianças), direção de arte (Bruno Seelig), Prêmio Cia Rio no valor de 8 mil reais em serviços.

* SESMARIA – melhor direção (Gabriela Lamas), Prêmio da Crítica (atribuído pela ACCIRS — Associação dos Críticos do Rio Grande do Sul), melhor som (Lucas Sá)

* DIA DOS NAMORADOS – Melhor atriz (Sandra Dani), melhor roteiro (Roberto Burd), melhor montagem (Roberto Burd)

* INATINGÍVEL – melhor ator (João Carlos Castanha)

* PRETO POBRE PUTO — melhor produtor (Alessandro Montelli)

* HORAS — melhor fotografia (Bruno Polidoro)

* VENTO — melhor música (Caio Amon)

*******ALÉM DOS PRÊMIOS ASSEMBLEIA LEGISLATIVA,
O GAUCHÃO FOI PALCO DA ENTREGA DO PREMIO RBS TV
(aos melhores curtas gaúchos).

* VIDA COMO RIZOMA — Melhor filme (documentário de Lisi Kielling sobre o músico, construtor de bicicletas de bambu e eco-ativista Klaus Volkman, será exibido no programa MISTURA da RBS TV)

* SESMARIA – melhor direção (Gabriela Lamas)

* ESCAPE – melhor atriz (Duda Meneghetti), melhor ator (Thiago Prade)

* OBJETOS: melhor roteiro (Germano Oliveira e André Araújo)

Enviado do Ipad de Rosário

Anúncios