RICARDO DARÍN — DISCURSO (OU ANTI-DISCURSO) PROFERIDO
NA NOITE DOS PRÊMIOS PLATINO 2016

PREMIOS PLATINO 2016 — DISCURSO
(OU ANTI-DISCURSO) DE
RICARDO DARÍN (EM PORTUGUÊS)

***DISCURSO DE

RICARDO DARÍN

PLATINO DE HONOR

PRÊMIOS PLATINO 2016 – PUNTA

DEL ESTE – URUGUAI.

“Muito obrigado. Boa Noite. Que emoção! Isto é um pouco demais. Eu pensei muito no que dizer. Uma infinidade de discursos me ocorreram e eles iam se caracterizando de formas diversas. Até que me lembrei que odeio os discursos. Decidi não fazer nenhum, mas eu devo agradecer a este Prêmio. Principalmente porque eu não gostaria de concorrer com o maravilhoso discurso feito no ano passado pelo Antonio Banderas, do qual ainda me lembro. Vou roubar muitas de suas palavras, pois concordo, praticamente, com noventa por cento do que ele disse.

Gostaria, na verdade, de agradecer infinitamente por esta noite, que me será inesquecível, por muitas razões. Essencialmente porque vejo muitos amigos aqui. Então, esta é uma noite de encontro de colegas, de pessoas queridas, com quem atravessei este caminho. Todos nós sabemos por que estamos aqui. Estamos aqui para fortalecer e apoiar esta maravilhosa ideia deste Prêmio Platino. Porque todos sabemos que, por trás disto, o que nós queremos é que seja valorizado o trabalho, o esforço, de tantos colegas espalhados pela nossa Região, com a mesma língua. Muitas vezes ficamos um pouco inibidos diante da grandiosidade das superproduções. Na verdade, nós não precisamos nos sentir assim. Precisamos nos sentir orgulhosos de tantos talentos em todas as áreas. Não apenas os atores e atrizes, mas roteiristas, diretores, também o pessoal da técnica, os maravilhosos diretores de fotografia, pessoas com muita capacidade para maquiagem , figurino, todos os ítens da indústria.

Diante dos orçamentos desproporcionais, multimilionários, das superproduções, acredito que nós, todos os dias e cada vez mais, devemos responder com talento, criatividade, imaginação, garra, picardia e atrevimento. Acho que esta é a forma de responder e de suprir aquilo de que muitas vezes reclamamos: a falta de orçamento.

Nós temos o talento e a única coisa de que necessitamos é confiar em nós mesmos. É por isto que nós estamos aqui, hoje: para apoiar o Prêmio Platino. Por isto, agradeço a todos os integrantes, por me darem este abraço, extensivo a todos vocês, a todos os meus colegas, e desejar um futuro maravilhoso para este Prêmio. Pois todos nós precisamos dele”.

Anúncios