Enviado do meu iPad

Início da mensagem encaminhada

De: Rô Caetano <marosario>
Data: 31 de julho de 2016 20:10:32 BRT
Para: “luiz.zanin” <luiz.zanin>
Assunto: ALMANAKITO (30-07-16): ROCCO E SEUS IRMÃOS + CINEMATECA + OSCAR + DEBATE COM ANNA MUYLAERT + ARTIGO DE CRISTINA FERNANDEZ (VALOR) +

*****ALMANAKITO
DOMINGO (30-07-16)

+ CINEMATECA BRASILEIRA + VERDES ANOS (LIVRO & FILME) + DEBATE COM ANNA MUYLAERT (grande amiga de LAERTE: Muy Laerte: esta é uma sacada de Adhemar Oliveira!)

+ ROCCO E SEUS IRMÃOS NO CINESESC

+ ARTIGO DE CRISTINA FERNANDEZ (VALOR) + DEBATE FOLHA: NESTA QUARTA-FEIRA, DE “FOME”, COM BERNARDET (FILME DE CRISTIANO BURLAM)

+ FEST ARUANDA (INSCRIÇÕES ABERTAS) + MILLER & FRIED (não percam este ótimo documentário brasileiro)

+ FEST GRAMADO (DE 26 DE AGOSTO A 3 DE SETEMBRO)

+ VEJAM “BOLA DE SEBO”,
EM DVD DO CPC-UMES.
A anotem em suas agendas:
de 22 a 27 de novembro, na Cinemateca Brasileira:
III FESTIVAL MOSFILM DE
CINEMA SOVIÉTICO E RUSSO.
A mesma mostra será apresentada em PORTO ALEGRE
(Casa Mario Quintana) de 24 de novembro a 03 de dezembro.

+ JOSÉ ROBERTO TORERO (COLUNA
NA FOLHA E SUPER LIBRIS: SESCTV)

+ “PARA MINHA AMADA MORTA” ESTREIA NO CANAL BRASIL NESTA TERÇA-FEIRA (22h00) + TESTE DE AUDIÊNCIA (COM FILME DE BETSE DE PAULA)

+ REVISTA DE CINEMA 130 (disponível em bibliotecas da Rede Municipal de São Paulo, Gibiteca e Circuito SPCINE).

Amigos: segue um bilhete rápido
nesta manhã de domingo paulistana:

****DEBATE COM PROFESSORES
+ ROCCO E SEUS IRMÃOS (FAMILIA PARONDI):
Ontem tive um sábado intenso. De manhã, revi MÃE SÓ HÁ UMA, na Sala 1 do Espaço Itau Frei Caneca, lotada de professores. Afinal, tratava-se de mais uma atividade do duradouro (15 anos) projeto que aproxima cinema e escola (Clube do Professor) empreendido pela turma do Cine Espaço. Depois, moderei debate entre Anna Muylaert, a diretora e roteirista do filme, seu protagonista, o curitibano Naomi Nero (Pierre/Felipe) e os professores, interessadíssimos, com ótimas perguntas dos docentes. Primeiro pedi que alguns deles citassem a sequência do filme que mais
os havia emocionado. (Em debate no Memorial da América Latina, com público essencialmente jovem, a sequência mais mobilizadora fôra a do PROVADOR DE ROUPA). No debate no Espaço Itaú de Cinema, esta sequência chamou atenção de uma professora, mas nos seis ou sete depoimentos colhidos, foram mais citadas a sequência final (resolvida só no plano da imagem) e a do boliche, na qual Pierre/Felipe grita que foi roubado duas vezes ****** Almoçamos com Anna Muylaert, Adhemar Oliveira & Patrícia Durães, ela, a alma do projeto com os professores, com Margô Oliveira (que acaba de ganhar a primeira neta, Violeta, filha de Felipe & Moara), Orlando Margarido (Zanin e eu). Gastamos a tarde falando, claro, de CINEMA, do PREMIO PLATINO e…. principalmente, da CINEMATECA BRASILEIRA… E foi durante o almoço que soubemos que OLGA FUTEMMA e mais quatro funcionários de alta e especializada qualificação foram reintegrados à instituição (isto, no ano do CENTENARIO DE PAULO EMILIO SALLES GOMES e do ANO 70 da CINEMATECA BRASILEIRA) ******* Encerramos o dia assistindo, no CineSesc, ao monumental ROCCO E SEIS IRMÃOS, de Visconti. Havia um bom público no belo cinema da Augusta. O que vimos
na tela foi uma cópia brilhando de nova, recém-restaurada pela
CINETECA DE BOLOGNA (Il Cinema Ritrovato, projeto que — sob
o comando de Marco Bellocchio & equipe

Anúncios