+ BILHETERIAS BRASILEIRAS

+ CINECEARÁ: NOITE DE
ENTREGA DOS TROFEUS MUCURIPE

+ AMANHÃ COMEÇA A MOSTRA
CINEOP, NA REGIÃO DO OURO,
EM MG: NO SABADO, EXIBIÇÃO
DE “FILHOS DE BACH”, LONGA FICCIONAL,
CO-PRODUÇÃO ALEMANHA-BRASIL, FILMADA EM
OURO PRETO, MARIANA E REGIÃO

+ SALVADOR, CIDADE PRETA

+ DUAS VEZES PIETRO
BONGIANCHINI (MARESIA E VOZ NA
ANIMAÇÃO INFANTIL “AS
AVENTURAS DO PEQUENO COLOMBO”,
DE RODRIGO GAVA

+ TV BRASIL-EBC – AUDIÊNCIA
PUBLICA NO CONGRESSO NACIONAL

*****BILHETERIAS BRASILEIRAS
(FONTE: BOLETIM FILME B)

PRE-ESTREIA:

MAIS FORTE QUE O MUNDO, ZE ALDO……………..64.048

ESTREIAS:

BIG JATO…………………………………………1.709
TRAGO COMIGO………………………………..490
Mundo Deserto de Almas Negras…………190

CONTINUAÇÕES:

EM Nome da Lei……………………………….228.811
NISE, CORAÇÃO DA LOUCURA………….141.198
Uma Loucura de Mulher…………………….103.647
Nos Passos do Mestre……………………….22.084
Espaço Marina Abramovic…………………..13.693
PONTO ZERO………………………………………6.872
São Sebastiao Rio J………………………………4.488
CAMPO GRANDE………………………………….3.286
RALÉ…………………………………………………….2.294
OS Outros……………………………………………….504

******* CINECEARÁ 2016
conclui, hoje, sua edição 26 com entrega de prêmios, o
TROFEU MUCURIPE, E EXIBIÇAO HORS CONCOURS DO FILME O
ESTRANHO CASO DE EZEQUIEL, DO CEARENSE GUTO PARENTE.
NA FOTO ACIMA, O CARTAZ DE “MENINO 23 – INFÂNCIA PERDIDAS
NO BRASIL”, DE BELISARIO FRANCA, QUE ESTÁ ENTRE OS FAVORITOS.

****** HOJE, 22-06-16, EM O
GLOBO, COLUNA DE ANA PAULA
LISBOA, SOBRE “CIDADE PRETA”, OU SEJA,
SALVADOR, A CAPITAL BAIANA.

******ESTRANHA MATÉRIA,

HOJE NA FOLHA DE S. PAULO,
SOBRE AUDIÊNCIA PUBLICA NO CONGRESSO
NACIONAL (O GLOBO IGNOROU!!!), EM
TORNO DAS MUDANÇAS QUE O GOVERNO INTERINO
QUER FAZER NA EBC, OU SEJA, A EXTINÇÃO DA TV BRASIL,
CRIADA POR LEI VOTADA NO PARLAMENTO.
POR QUE NINGUÉM FALA DO PROGRAMA “SEM CENSURA”, DE LEDA
NAGLE, DE “SAMBA NA GAMBOA”, EXCELENTE MUSICAL
COMANDADO PELO CRAQUE DIOGO NOGUEIRA, E DO
PROGRAMA COMANDADO POR UMA LESBICA,
UM GAY E UMA TRANS, ETC, ETC???

*******CARTA CAPITAL******LEIAM, NA CARTA CAPITAL,
MATÉRIA DE NIRLANDO BEIRÃO SOBRE O CORONEL PAUL AUSSARESSES,
QUE TRABALHOU, NA ARGELIA, COM O GENERAL JACQUES MASSU, RECRIADO NA PODEROSA FICÇÃO DE GILO PONTECORVO, “A BATALHA DE ARGEL”. AUSSARESSES É TEMA DO LIVRO “A TORTURA COMO ARMA DE GUERRA”, DE LENEIDE DUARTE-PLON, RECEM LANÇADO PELA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA. ENTRE OUTRAS AFIRMAÇÕES DO CORONEL, QUE FOI ADIDO MILITAR DA FRANÇA NO BRASIL E COLABOROU BASTANTE COM A MONTAGEM DA MÁQUINA REPRESSIVA DO GOVERNO MILITAR MEDICIANO, HÁ QUE SE DESTACAR: ” Era ele (Figueiredo, então chefe do SNI) quem dirigia, com o delegado Fleury, os esquadrões da morte”. A EDIÇÃO 906, traz boa reportagem sobre origem e financiadores do MBL.

*****

Anúncios