Curta! exibe episódio de estreia de ‘O Dia
Que Durou 21 Anos’, de Camilo Galli Tavares

Curta! exibe episódio de estreia de ‘O Dia Que Durou 21 Anos’, de Camilo Galli Tavares

A partir do dia 10, na Sexta da Sociedade, virão à tona detalhes sobre a participação dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 no Brasil, bem como importantes documentos americanos considerados como secretos durante o regime em “O Dia Que Durou 21 Anos”, do diretor Camilo Galli Tavares. O documentário, dividido em três episódios, vai desde a renúncia de Jânio Quadros, em 1961, até 1969, quando acontece o sequestro do embaixador dos EUA no Brasil, Charles Burke Elbrik. Em troca de sua libertação, 15 presos políticos são soltos e banidos do País. Um deles, o jornalista Flávio Tavares, é pai de Camilo. A produção apresenta textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos e imagens inéditas. A narração fica por conta do jornalista Flávio Tavares, que participou da luta armada, foi preso, torturado e exilado político. Confira a promo: https://www.youtube.com/watch?v=UpV5evJ3-vU

Na Segunda da Música, 6 de junho, vai ao ar “Dominguinhos”, documentário sobre um dos grandes ícones da MPB. O filme mostra a vida e obra do músico por meio de imagens de arquivo, trechos de shows e participações de importantes artistas como Gilberto Gil, Gal Costa, Elba Ramalho, Hermeto Pascoal, João Donato, Djavan, Nara Leão, Nana Caymmi, Luiz Gonzaga, Yamandu Costa e Hamilton de Holanda. Confira a promo: https://www.youtube.com/watch?v=sAXiZVfxFNc

Inspirado pela arte oriental, adepto de cores intensas em suas telas e conhecido por trabalhos que retratam cenas intimistas e corriqueiras, o francês Pierre Bonnard ganha um perfil em “Bonnard – As Cores da Intimidade”, de Bruno Ulmer. O documentário, que será exibido na Terça das Artes, dia 7, mostra também a obsessão do pintor por cenas domésticas e por sua esposa Marthe, figura constante em seus quadros. Confira a promo: https://www.youtube.com/watch?v=mNAw_Wfo7pI

“Tudo Por Amor ao Cinema” conta a história do amante do cinema Cosme Alves Netto que, em seus 20 anos à frente da curadoria da cinemateca do MAM, no Rio, preservou centenas de filmes considerados subversivos pela ditadura militar. Ele chegou a guardar os longas com nomes falsos para protegê-los, caso de “Cabra Marcado para Morrer”, arquivado com o título de “Rosa do Campo”. A produção conta com depoimentos de diversos nomes importantes do cinema nacional, como Eduardo Coutinho, Cacá Diegues e Silvio Tendler, entre outros familiares e amigos. “Tudo por Amor Ao Cinema” será exibido no próximo dia 8, na Quarta do Cinema. Confira a promo: https://youtu.be/5HsyaxvVnow

No mesmo dia, o “A Vida É Curta” traz filmes contemporâneos em preto e branco. Abrindo a faixa, “Master Blaster – Uma Aventura de Hans Lucas a Nebulosa 2907n”, de Rul Arthuso, relata uma ficção sobre o agente intergaláctico Hans Lucas, enviado para investigar o evento astronômico, que mudou os hábitos da população local. Em “Noite de Sexta, Manhã de Sábado”, o diretor Kleber Mendonça Filho conta as dificuldades de uma relação à distância entre um homem e uma mulher. “O Hóspede”, de Acanã Agra e Ramon Porto Mota, encerra o programa e narra os acontecimentos estranhos que movimentam uma pousada no interior da Paraíba depois que um hóspede chega ao local. Confira a promo: https://www.youtube.com/watch?v=jsTOdtM49Ag&index=2&list=PLSdU4QC2039LDJrAd0lV7RZSnCTwlxUij

Na Quinta do Pensamento, dia 9, vai ao ar a segunda parte do documentário “Chomsky & Cia” O filme, que tem como mote o linguista e filósofo, dá maior destaque ao seu papel como ativista político. Com entrevista do próprio Chomsky, a produção vai atrás também de seguidores de sua linha de pensamento libertária em diferentes cidades americanas e europeias. Com um toque de humor, o filme mescla imagens de arquivo com depoimentos de intelectuais. Confira a promo: https://www.youtube.com/watch?v=gWLM-mW-miU

Para download de fotos, acesse: http://agenciafebre.com.br/canal-curta

SEGUNDA DA MÚSICA

Dominguinhos (Documentário)

Dominguinhos é um documentário sobre a vida e a obra de um dos maiores mestres da música brasileira, intercalando imagens de arquivo e passagens em shows, além de encontros musicais exclusivos. O filme conta com preciosas participações de renomados artistas, importantes parceiros da vida de Dominguinhos, como: Gilberto Gil, Gal Costa, Elba Ramalho, Hermeto Pascoal, João Donato, Djavan, Nara Leão, Nana Caymmi, Luiz Gonzaga, Yamandu Costa e Hamilton de Holanda. Trata-se da homenagem definitiva à obra de um dos maiores artistas da nossa música. O filme valoriza a experiência sensorial e cinematográfica e se aprofunda nos arquivos de imagem e fonogramas raros, numa viagem conduzida pelo próprio Dominguinhos. É o próprio artista que conta sua história, numa narrativa toda conduzida pela cuidadosa montagem de entrevistas diversas que Dominguinhos deu tanto ao longo de sua vida para as mais diversas fontes, mas também para a equipe do filme em material exclusivo. Uma celebração a música brasileira e sua universalidade.

Diretores: Eduardo Nazarian, Joaquim Castro e Mariana Aydar

Duração: 90 min.

Exibição: 6 de junho, segunda-feira, às 22h5

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 7 de junho, terça-feira, às 2h5 e às 16h5/ Dia 8 de junho, quarta-feira, às 10h5/ Dia 11 de junho, sábado, às 9h55.

TERÇA DAS ARTES

Bonnard – As Cores da Intimidade (Documentário)

Pierre Bonnard é um dos maiores mestres da pintura do século XX. Um pintor da intimidade, movido pela obsessão por paisagens e cenas domésticas.

Diretor: Bruno Ulmer

Duração: 52 min.

Exibição: 7 de junho, terça-feira, às 23h.

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 8 de junho, quarta-feira, às 3h e às 17h/ Dia 9 de junho, quinta-feira, às 11h/ Dia 11 de junho, sábado, às 11h30.

QUARTA DE CINEMA

“O A Vida É Curta!” da semana traz uma sequência de filmes contemporâneos em preto e branco

O “A Vida É Curta!” desta semana exibe filmes contemporâneos em preto e branco e começa em grande estilo com o filme de Raul Arthuso “Master Blaster – Uma Aventura de Hans Lucas a Nebulosa 2907n”. A ficção mostra conta a história do agente intergalático Hans Lucas, enviado para investigar o evento astronômico, que mudou os hábitos da população local. Em “Noite de Sexta, Manhã de Sábado”, o diretor Kleber Mendonça Filho conta as dificuldades de uma relação à distância entre um homem e uma mulher. “O Hóspede”, de Acanã Agra e Ramon Porto Mota, encerra o programa e narra os acontecimentos estranhos que movimentam uma pousada no interior da Paraíba depois que um hóspede chega ao local.

Exibição: 8 de junho, quarta-feira, às 20h

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 9 de junho, quinta-feira, à 0h e às 14h/ Dia 10 de junho, sexta-feira, às 8h/ Dia 11 de junho, sábado, às 14h.

Tudo Por Amor Ao Cinema (Documentário)

Tudo por Amor ao Cinema é um filme documentário sobre um dos personagens mais importantes da História do Cinema Brasileiro: Cosme Alves Netto (1937-1996). Mais conhecido como o “Cosme” da Cinemateca do MAM-RJ, e que esteve presente entre as décadas 50 a 80 em vários episódios da história do cinema brasileiro e latino-americano, sobretudo na luta por sua divulgação e preservação. Além de revelar a intimidade da vida deste amazonense-de-todo-mundo, Tudo por Amor ao Cinema é o único documentário brasileiro sobre a “cinefilia” e a arte de programar filmes.

Diretora: Aurélio Michiles

Duração: 98 min

Exibição: 8 de junho, quarta-feira, às 22h

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 9 de junho, quinta-feira, às 2h e às 16h/ Dia 10 de junho, sexta-feira, às 10h/ Dia 11 de junho, sábado, às 22h.

QUINTA DO PENSAMENTO

Chomsky & Cia 2° Parte (Documentário)

É um linguista, filósofo e ativista político estadunidense. Noam Chomsky possivelmente se tornou um dos pensadores mais influentes desde a segunda metade do século XX. Neste documentário, Daniel Mermet and Olivier Azam decidiram focar nos seus ideais políticos, muitas vezes controversos em sua maneira de compreender os truques e paradoxos no funcionamento das democracias neoliberais. E além de conseguirem entrevistar o Chomsky, os diretores embarcam em uma viagem através de muitas cidades americanas e europeias, a fim de encontrar seguidores diferentes de uma forma libertária de pensamento que rejeitam as ideias triviais para terem uma melhor compreensão da realidade política e social. O documentário constrói um percurso complexo que revitaliza o uso de imagens de arquivo com montagens eloquentes e um pouco de humor, bem como entrevistas com intelectuais expositivas, longe de qualquer vício acadêmico. Além disso, esta jornada doutrinária mostra que Chomsky, com 85 anos, ainda é um dos pensadores mais lúcidos em nossos dias.

Diretores: Daniel Mermet e Olivier Azam

Duração: 54 min

Exibição: 9 de junho, quinta-feira, às 21h55.

Classificação: 12 anos

Horários alternativos: Dia 10 de junho, sexta-feira, às 1h55 e às 15h55/ Dia 11 de junho, sábado, às 7h/ 12 de junho, domingo, às 18h.

SEXTA DA SOCIEDADE

O Dia Que Durou 21 Anos – Segundo Episódio (Documentário)

Em clima de suspense e ação, o documentário apresenta, em três episódios, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil. Pela primeira vez na televisão, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como “Top Secret”, serão expostos ao público. Textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos contundentes e imagens inéditas fazem parte dessa série iconográfica, narrada pelo jornalista Flávio Tavares, que participou da luta armada, foi preso, torturado e exilado político.

Diretor: Camilo Galli Tavares

Duração: 26 min

Exibição: 10 de junho, sexta-feira, às 23h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos: Dia 11 de junho, sábado, às 3h35 e às 12h30/ Dia 12 de junho, domingo, às 23h30/ 13 de junho, segunda-feira, às 17h30.

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 83 na GVT, 75 na Oi TV, 103 na Vivo TV e 69 na Claro TV. Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, twitter.com/CanalCurta e www.youtube.com/user/canalcurta.
Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.

Anúncios