****CPC-UMES REALIZA MOSTRA
DE CINEMA ITALIANO E LANÇA DVDs
SOVIÉTICOS, UM DELES, “BOLA DE SEBO”,
BASEADO NO GENIAL CONTO HOMÔNIMO
DE GUY DE MAUPASSANT + O VELHO
E NOVO, DE EISENSTEIN E ALEXANDROV

.

POR SERGIO TORRES,MDO CPC UMES

AMIGOS:

Iniciamos uma mostra

permanente de cinema italiano,

no último dia 2 de maio, no Cine-Teatro

Denoy de Oliveira, no bairro paulistano do Bixiga. Essa mostra

ocorrerá sempre às segundas-feiras, às 19hOO. Neste ano, ela vai até

o dia 5 de dezembro. A programação está toda montada e

pode ser acessada através do link

http://www.umes.org.br/index.php/noticias/1313-mostra-permanente-de-cinema-italiano-da-umes

Retomamos em abril o lançamento dos DVDs

da série “Cinema Soviético” com o excepcional “Tigre Branco”,

de Karen Shakhnazarov,mproduzido em 2012. Trata-se de um filme de guerra

nada convencional que dá muito o que pensar. Neste mês sai

“O Velho e o Novo”, de Eisenstein e Aleksandrov,

obra que leva ao limite as possibilidades expressivas do

cinema silencioso, abordando um tema complexo como a

coletivização da agricultura na URSS. Em junho será lançado

“Bola de Sebo”, adaptação realizada por Mikhail Romm

do conto homônimo de Guy de Maupassant – história que se

tornou universal a ponto de inspirar tanto a Geni, de Chico Buarque e

Rui Guerra, quanto o clássico “No Tempo das Diligências”, de

John Ford. E vamos até o fim do ano com um lançamento por mês.

Estamos montando para dezembro a

3a. Mostra Mosfilm. Iniciamos em

Porto Alegre um projeto de exibição de 22 filmes soviéticos, com

ingresso pago, que está evoluindo muito bem.

Perdoem a insistência, mas eu gostaria muito, muito mesmo,

que vocês se cadastrassem no site do CPC-UMES Filmes e

quando decidissem comprar algum DVD da série fizessem

através do site. Além de nos ajudarem mais do que

comprando de terceiros, sai mais barato que nas lojas e

o custo do correio pode ser diluído comprando de dois em

dois, três em três, etc. O link para o site é

http://cpcumesfilmes.org.br/prestashop/index.php

Penso em retomar a partir de agosto a tradicional

mostra dos sábados. A ideia é exibirmos até dezembro

20 obras de 20 nacionalidades diferentes. Vamos

ver se dá. Havendo sugestões, por favor, enviem. Sem o

interesse e o apoio de vocês nada disso estaria sendo possível.

Anúncios