*******CINE PE 2016 – ANO XX – RECIFOLINDA — O produtor e cineasta CAVI BORGES — nesta foto com sua mulher, a atriz PATRICIA NIEDERMEIR, protagonista, junto com Alexandre Dacosta, do oitavo longa-metragem de Luiz Rosemberg Filho, GUERRA DO PARAGUAY — emocionou-se até as lágrimas, aorelembrar o início de sua parceria com o veterano cineasta carioca. Os dois se conheceram na Cobal do Humaitá, no Rio de Janeiro, onde Cavi mantém a CAVÍDEO, estimada locadora de filmes de arte. Rosemberg vivia certo ostracismo, trabalhando em curtas-colagem de corte godardiano, quando a amizade floresceu. Cavi colocou as politizadas colagens de ROSEMBERG em vários festivais e produziu o longa DOIS CASAMENTOS. Agora, a parceria dá origem a GUERRA DO PARAGUAY, que disputa o TROFEU CALUNGA no XX CINE PE. PATRICIA está nos dois elencos. Quem acompanha as agitações cinematográfica de Cavi no facebook o viu prometer que vai desacelerar sua carreira de PRODUTOR, pois ela está prejudicando o que mais gosta de fazer: seus próprios filmes. Acreditou quem quis. No debate de GUERRA DO PARAGUAY, no Hotel Sete Colinas, em Olinda, Cavi, que assina também a direção de arte do filme rosemberguiano, admitiu que só na última semana, recebeu cinco proposta para que assine a produção de novos longas-metragens. Ele, que está finalizando um longa co-dirigido com PATRICIA NIEDERMEIER, chamado SALTO NO VAZIO, já assumiu a produção do novo longa de SERGIO RICARDO (como posso dizer não a ele?, pergunta, entre sério e sorridente) e a estreia na direção de CHICO DIAZ. O filme do ator carioca-mexicano-nordestino — A LUA QUE VEM DA ÁSIA — terá, promete Cavi, produção mais cara e elaborada que a dos 45 longas-metragens que recheiam a carteira da CAVIDEO (ao lado de mais de 150 curtas). “Pois é”, diz, “em dez anos, a CAVIDEO produziu 200 filmes. Só no ano passado foram doze”. **************FOTO DE Maria do Rosário Caetano . MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CINE PE 2016 no ALMANAKITO.

Enviado do Ipad de Rosário

Anúncios