**********PEDI AO CINEASTA E COMPOSITOR JORGE ALFREDO QUE ME LEVASSE À “IGREJA DO CAETANO” (VELOSO). ASSIM CHAMO A IGREJA DA ORDEM TERCEIRO DE SAO FRANCISCO, SITUADA NO PELOURINHO, POIS A CONHECI GRAÇAS AO CD “FINA ESTAMPA”, QUE JUNTO COM “BUENA VISTA SOCIAL CLUB” EMBALOU (E AINDA EMBALA) LONGA FAIXA DA MINHA VIDA. NA CONTRACAPA DE “FINA ESTAMPA”, CAETANO BRINDOU SEU OUVINTES COM IMAGEM DESTA REBUSCADA FACHADA DE ESTILO PLATENSE, SE NAO ME FALHA A MEMÓRIA. AO VER A IMAGEM NO DISCO, PROCUREI A IGREJA, QUE FICA ESCONDIDA ATRÁS DE OUTRA, ENORME. E A visitei COM ZANIN, INÚMERAS VEZES. E COM DEZENAS DE AMIGOS, A QUEM EU ATRAÍA COM A SEGUINTE PERGUNTA: VOCÊ CONHECE A IGREJA DO CAETANO? NÃO? VOCÊ NAO SABE QUE ESTÁ PERDENDO. LEVAVA, ENTAO CURIOSOS BRASILEIROS, PORTUGUESES E HISPANO-AMERICANOS AO LOCAL E FALAVA DE “FINA ESTAMPA”. TODOS, COMOVIDOS COM TANTA BELEZA, ME AGRADECIAM (e eu dizia, agradeçam ao Caetano, que nos apresentou esta maravilha, e ouçam FINA ESTAMPA”). HOJE, JORGE ALFREDO ME LEVOU DE VOLTA À “IGREJA DO CAETANO”, que eu não visitava há mais de cinco anos. Deixamos Guido Araújo e Sylvia Abreu, dentro do carro, num sol de rachar. Mas eles nos perdoaram e Guido ainda nos falou da Ordem Terceira de São Francisco. De lá, fomos comer frutos do mar no restaurante BOCA DE GALINHA,
EM PLATAFORMA, UMA REGIÃO DE SALVADOR QUE EU NUNCA VIRA. DE quebra, serviram um CARURU que me permitiu matar a saudades dos
CARURUS “jornadianos” preparados por
FERNANDO BÉLENS E LUCIANO. ******Findos os trabalhos em
SALVADOR, sigo pra RECIFOLINDA (CINE PE) E, DEPOIS,
ILHA DE FERNANDO DE NORONHA.
ZANIN QUER CONHECER A ILHA DO MARAJÓ.
Os baianos dizem que nao conhecer
A ILHA DE ITAPARICA É UMA LACUNA NA MINHA VIDA
DE MINEIRO-BRASILIENSE-PAULISTA APAIXONADA PELO
BRASIL. DESDE JEITO, VOU TER QUE REJUVENESCER
PARA CONHECER TANTOS E TAO BELOS BRASIS. *****DETALHE
IMPORTANTE: NO CINE PE, O CANAL
BRASIL VAI COMEMORAR A
ENTREGA DO PREMIO AQUISIÇÃO DE
CURTA-METRAGEM DE NUMERO SETENTA.
SIM NUMERO 70.

Enviado do Ipad de Rosário

Anúncios